GERAL, RORAIMA

Desafios e transformações frente à pandemia do Coronavírus marcam Dia da Educação em Roraima

As mudanças no processo de ensino aprendizagem e os desafios que surgiram devido à pandemia do Coronavírus marcam em 2020, o Dia da Educação, celebrado nesta terça-feira, 28 de abril.

A pandemia mudou e transformou hábitos ao redor do mundo e a Educação também precisou se reinventar. Gestores públicos de todo o Brasil iniciaram discussões a respeito de como enfrentar o novo e como garantir a continuidade do processo educacional.

Muitas estratégias surgiram para atender os estudantes da Educação Básica, que no Brasil hoje chegam a 47,9 milhões matriculados em 180 mil escolas. Em Roraima, de acordo com o Censo Escolar 2019, são 75.386 estudantes matriculados em 374 escolas, tanto na Capital, Interior e Área Indígena.

Nesse sentido, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto) elaborou um ‘Plano de Implementação de atividades não presenciais’ e está atuando com duas frentes de trabalho.

Após um recesso escolar antecipado de 15 dias, as aulas na rede estadual de ensino iniciaram na forma não presencial no dia 06 de abril, conforme Decreto Governamental Nº 28.663-E, de 31 de março de 2020.  Para estudantes com acesso à internet, os conteúdos são ministrados por meio das redes sociais, (whatsapp, facebook), vídeo aulas por meio de canais YouTube e plataformas educacionais, como Google Classroom, por exemplo.

Para atender alunos que não dispõem do recurso de internet, os professores elaboraram cartilhas, apostilas e exercícios que foram impressos para serem entregues aos pais ou responsáveis.  As escolas estão funcionando em regime de plantão, na Capital e Interior, com escalas e rodízio de servidores para atender a comunidade, obedecendo protocolos de segurança em saúde. 

No Interior e Comunidades Indígenas, os materiais elaborados pelos professores também estão chegando aos alunos que moram em regiões distantes e de difícil acesso, por meio do transporte escolar e do esforço e compromisso de professores, gestores e profissionais da Educação. 

Os professores das salas de recursos multifuncionais, também estão produzindo material e atendendo estudantes público alvo da educação especial. Todas as ações adotadas pela Seed seguem normativas federais e as orientações emanadas pelos Conselhos de Educação, Nacional e Estadual. 

A secretária de Educação e Desporto Leila Perussolo destacou que a Educação é uma mola propulsora que transforma vidas, que faz com que sejamos pessoas melhores, capazes de aprender algo novo  e de se reinventar, mesmo em condições adversas, como essa situação frente à pandemia.

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s