BAHIA, GERAL

“O ENEM foi adiado após mobilização social”, afirma o secretário Jerônimo Rodrigues

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e o Ministério da Educação (MEC) decidiram, nesta quarta-feira (20), pelo adiamento da aplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), nas versões impressa e digital que estavam marcadas para acontecer em novembro. A nova data, que não foi definida, será condicionada a uma enquete com os estudantes inscritos no ENEM 2020, promovida no mês de junho. As inscrições para o exame seguem abertas até esta sexta-feira (22/05).

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, ressaltou que o adiamento fez parte de uma ampla mobilização da sociedade brasileira, envolvendo todos aqueles que acreditam na Educação como uma ferramenta de transformação social. “O ENEM foi adiado após mobilização social, onde caminhamos juntos nesta discussão com os diversos segmentos da Educação, estudantes, professores, gestores de escola, instituições de ensino, conselhos, união de prefeitos e de secretários municipais, deputados estaduais e federais, além do movimento dos senadores que aprovaram o projeto de lei do adiamento do ENEM por 75 votos a 1. Isso mostra o total equívoco que seria manter as provas nessas datas e, deixa clara, a intransigência do Governo Federal, que demorou tanto para tomar esta decisão, e mostrou que não há limites para o descaso deles com a Educação”, afirmou.

LEIA MAIS

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s