GERAL, PARÁ

Ensino remoto é alternativa para alunos da rede estadual do Pará

Manter os alunos com uma rotina básica de estudos tem sido um grande desafio para as escolas da rede estadual de ensino, desde a suspensão das aulas presenciais, em 18 de março. Tudo isso ocorreu por conta da pandemia do novo coronavírus. Quatro meses depois, diretores, professores e alunos avaliam as diversas alternativas encontradas para amenizar o efeito da pandemia na educação pública estadual.

A garantia da alimentação escolar, a formação dos professores e as estratégias pedagógicas desenvolvidas neste período compõem o movimento ‘Todos em Casa pela Educação’, criado pela Secretaria Estadual de Educação (Seduc) para garantir ao aluno o direito mínimo à aprendizagem mesmo no isolamento social. 

O uso da tecnologia e da criatividade têm sido o principal desafio para a maioria dos profissionais da educação na busca pela aproximação com os alunos. Segundo a titular da Seduc, Elieth de Fátima Braga, o movimento foi a forma encontrada para dar continuidade ao processo de aprendizagem do alunado, pautado na utilização de ferramentas digitais e atividades offline.

“Visando dinamizar o trabalho pedagógico do corpo docente, a Seduc proporcionou vários cursos de formação, entre eles o curso de utilização de ferramentas digitais em sala de aula, além de tantas outras iniciativas. Com isso, reiteramos o compromisso do governo do Estado de ofertar a todos a qualidade na educação, independentemente do momento que estamos vivendo”, afirma.

LEIA MAIS

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s