GERAL, PARANÁ

Investimento em ensino e cursos remotos ultrapassam os R$15 milhões no Paraná

Há um ano a Rede Estadual de Ensino se preparava para migrar as tradicionais aulas nas escolas para o ambiente remoto em virtude da pandemia. Em apenas duas semanas de atividades paralisadas, surgiu o Aula Paraná e a maioria dos estudantes foi à frente de televisões, computadores e celulares, em uma mudança brusca, que exigiu muito de professores e estudantes. Aos poucos, contudo, a adaptação aconteceu e o próprio ensino à distância evoluiu, com a inclusão de novos formatos de aula, como via Google Meet, principal ferramenta atualmente.

Além do esforço de todos os profissionais da Secretaria de Estado da Educação e do Esporte (Seed-PR) para seguir com o processo de aprendizagem, foram necessários muitos investimentos. Somente em 2020, foram quase R$ 10 milhões para ter toda a estrutura necessária, como produção e edição das aulas gravadas, transmissão em três canais na TV aberta, aplicativo para smartphone e parceria com as quatro maiores operadoras de telefonia para acesso gratuito do app via 3G e 4G. Para esse ano, até o momento, a Seed-PR tem contratos vigentes de cerca de R$ 3 milhões para a manutenção desse sistema multiplataforma.

LEIA MAIS

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s