DISTRITO FEDERAL, GERAL

Secretaria do Distrito Federal pede a presidente do Senado que profissionais da Educação sejam incluídos entre as prioridades da vacinação

Em audiência na residência oficial ocorrida na manhã desta sexta-feira, 23, o secretário de Educação do Distrito Federal, Leandro Cruz, pediu ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que garanta a inclusão dos profissionais de educação como prioridade no Plano Nacional de Vacinação e que os professores não sejam obrigados a voltarem a dar aulas presenciais antes de serem vacinados.

A audiência tratou do assunto porque o Senado está prestes a votar o projeto de lei 5.595/2020, que torna a educação básica e o ensino superior serviços essenciais, o que significa que não podem ser interrompidos durante crises sanitárias.

Nós defendemos as aulas presenciais. Achamos que para os nossos estudantes é fundamental. Mas nós defendemos as aulas presenciais com as medidas de segurança necessárias. E a maior delas é a vacinação”, disse Leandro Cruz, que estava acompanhado do secretário-executivo, Fábio Sousa. “A gente acha que vacinar, não só todos os professores, mas também os demais profissionais da educação, é condição fundamental para a gente retomar as aulas presenciais”, completou.

A conversa entre o secretário e o presidente do Senado durou trinta minutos. Ao final, Rodrigo Pacheco se pronunciou.

LEIA MAIS

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s