PERNAMBUCO

Governo de Pernambuco autoriza início do processo de retomada de aulas presenciais para o Ensino Médio

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes, anunciou nesta segunda-feira (21), durante coletiva de imprensa, a autorização para o início do processo de retomada das aulas presenciais para o Ensino Médio da Educação Básica, incluindo as respectivas datas para cada etapa. Neste primeiro momento, está autorizado o retorno das turmas do 3º ano no dia 6 de outubro. No dia 13 de outubro, as escolas poderão retomar as atividades presenciais com os estudantes do 2º ano e no dia 20 de outubro podem retornar às aulas presenciais alunos do 1º ano, do Ensino Técnico Concomitante e Subsequente e da Educação de Jovens e Adultos. É importante lembrar que as aulas dos Cursos Livres e Ensino Superior já tinham sido liberadas pelo Governo de Pernambuco.

As instituições devem observar todas as normas estabelecidas no protocolo setorial da Educação, respeitando as orientações sobre distanciamento social, as medidas de proteção e prevenção, bem como as de monitoramento e orientações. Dentre as principais medidas previstas no protocolo estão o uso obrigatório de máscaras, distanciamento de 1,5 metros de todos os ambientes das escolas, inclusive dos estudantes em sala de aula, lavagem das mãos e uso do álcool gel, orientações para todos nas escolas, monitoramento e testagem dos casos suspeitos e de seus contactantes.

LEIA MAIS

Padrão
RIO GRANDE DO NORTE

Aulas presenciais da rede pública do Rio Grande do Norte só serão retomadas em 2021

A governadora Fátima Bezerra anunciou na manhã desta terça-feira, 08, a continuidade da suspensão das aulas presenciais na rede pública estadual de ensino até o final de 2020 em função da continuidade da pandemia da Covid-19.

Para tomar a decisão, a governadora citou a posição do Comitê Científico de Especialistas que orienta a gestão estadual no enfrentamento à pandemia, o Comitê setorial da Educação no RN, a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), a opinião expressa pela população em recente pesquisa do Ibope que atesta que mais de 70% dos brasileiros querem a volta das aulas presenciais só após a disponibilidade de vacina, e enquetes feitas pela Secretaria Estadual de Educação e veículo de comunicação.

“Diante destes fatos e considerações informo que as atividades presenciais da Educação no RN só serão retomadas em 2021. Isto estará normatizado no próximo decreto que vamos publicar nos próximos dias para a rede de educação pública do Estado”, afirmou a chefe do Executivo.

Fátima Bezerra fez o anúncio ao participar, por videoconferência nesta terça-feira, 08, do I Fórum Virtual Undime/RN que teve o tema: “A educação pública potiguar e os desafios de educar antes, durante e no pós-pandemia”.

Ela reforçou que o Governo preza pelo diálogo, ouve a sociedade e que na pandemia segue a orientação dos especialistas e da ciência. “A realidade mostra que estamos no caminho certo, pois o RN é o estado que mais reduziu o número de óbitos no país, fruto de trabalho sério, comprometido com a saúde pública e ouvindo a ciência”, frisou.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, PERNAMBUCO

Pernambuco autoriza início da retomada de aulas presenciais do Ensino Superior

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes, anunciou nesta segunda-feira (31), durante coletiva de imprensa, a autorização para o início do processo de retomada das aulas presenciais do Ensino Superior, incluindo as respectivas datas para cada etapa. Na ocasião, foi anunciado também a prorrogação do decreto de suspensão das aulas da Educação Básica até o dia 15 de setembro. É importante lembrar que aulas práticas e práticas de estágio curricular para o Ensino Superior já tinham sido liberadas pelo Governo do Estado. 

A autorização para a retomada das aulas presenciais do Ensino Superior acontece de forma escalonada, com a primeira etapa no dia 8 de setembro. Nesta fase, as instituições de ensino só poderão receber até 25% da sua capacidade, dando prioridade aos concluintes. No dia 14 de setembro, as faculdades e universidades poderão retomar as atividades com até 50% da capacidade de estudantes. O retorno às aulas presenciais deste segmento de ensino segue nos dias 21 e 28 de setembro, estando as instituições de ensino autorizadas a retomarem as atividades com 75% e 100% de sua capacidade, respectivamente.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RORAIMA

Educação de Roraima suspende temporariamente atividades não presenciais na rede estadual de ensino

O ensino remoto nas escolas da rede estadual será suspenso temporariamente no mês de setembro. A medida, adotada pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto), será oficializada por meio da publicação da Portaria N° 1123/2020 no DOE-RR (Diário Oficial do Estado) desta terça-feira, 1°.

As atividades não presenciais serão suspensas de 1° a 30 de setembro. O ensino remoto está sendo ofertado na rede estadual desde o dia 6 de abril. A intenção da Seed é avaliar o processo pedagógico e as atividades propostas no período.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Projeto Escola em Casa incentiva o ensino a distância no Acre

Dona Edna Yawanawá mora no município de Tarauacá, distante 409 km da capital do Acre. Com cinco filhos, ela mantém todos eles estudando e aprendendo. Ela e os filhos acompanham as aulas remotas que são oferecidas pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE).

Ela realiza o que chama de “revezamento de horário”. As aulas são acompanhadas principalmente pelo rádio, pela televisão e também pelo celular. Como criou uma rotina, também tem acesso aos materiais impressos disponibilizados pela escola.

“Para mim isso tem sido de grande alegria porque eu sinto que nós não fomos abandonados, o governador está sempre se preocupando com a gente, a gente sente essa preocupação e as escolas estão realmente presentes na vida dos alunos”, faz questão de dizer ao se referir às aulas remotas realizadas pela SEE.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, GOIÁS

Governo de Goiás projeta volta às aulas somente em 2021

Nove governadores participam de live promovida pelo Programa de Alfabetização em Regime de Colaboração, Fundação Lemann e Instituto Natura. Goiás apresenta experiência com plataformas virtuais para manter qualidade do ensino a distância durante pandemia de Covid-19

O governador Ronaldo Caiado afirmou, na quinta-feira (20/08), que a volta às aulas presenciais com segurança deve ocorrer somente em 2021 e que, para garantir a qualidade de ensino-aprendizagem dos estudantes goianos, o Governo de Goiás lançou mão de várias ferramentas tendo em vista manter o ano letivo de 2020 com o ensino a distância. “Estou muito otimista que vamos começar a produzir vacinas com um selo de garantia capaz de trazer imunidade suficiente para voltarmos o ano que vem às nossas atividades escolares”, ressaltou.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, PERNAMBUCO

Fred Amancio e representantes da Educação conversam sobre o desafio da volta às aulas nas redes públicas

O secretário de Educação e Esportes do Estado de Pernambuco (SEE-PE), Fred Amancio, participou, nesta segunda-feira (24), do Summit Educação Brasil 2020, promovido pelo jornal Estadão. No encontro, Amancio converso sobre o desafio das voltas às aulas nas redes públicas. O gestor dividiu o espaço com outros secretários estaduais e representantes de instituições educacionais, e respondeu questionamentos acerca de como será o retorno das atividades presenciais nas escolas de Pernambuco, ainda sem data definida. 

Participaram do encontro virtual Angela Dannemann, superintendente do Itaú Social; Priscila Cruz, presidente executiva do Todos Pela Educação; Vitor de Angelo, secretário de educação do Espírito Santo; e Rossieli Soares, secretário de educação do estado de São Paulo. O encontro teve a mediação de Renata Cafardo, repórter especial do Estadão. O secretário abriu a discussão falando sobre o plano de retomada do Governo de Pernambuco, dividido em etapas e que abrange uma série de ações e estratégias. 

LEIA MAIS

Padrão
BAHIA

Estado encerra testagem para o novo Coronavírus na comunidade escolar em Ilhéus

Os estudantes da rede estadual de Ilhéus que não fizeram a testagem para o novo Coronavírus tiveram mais uma oportunidade nas escolas. Nesta terça-feira (25), o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) do Chocolate Nelson Schaun e o Colégio da Polícia Militar (CPM) Rômulo Galvão realizaram um dia extra para a aplicação dos testes, abertos a toda comunidade escolar. A ação fez parte do protocolo do Governo do Estado para a tomada de decisões relacionadas à retomada do ano letivo e já foi realizada em Itabuna, Jequié, Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca.

A estudante Camille Vitória Menezes, do curso técnico de nível médio em Agroindústria, do CEEP do Chocolate Nelson Schaun, foi uma das que garantiram a sua testagem. “É uma forma de termos uma base de controle para garantir a nossa saúde e a dos nossos familiares. Achei muito importante esta iniciativa da escola”, disse.

LEIA MAIS

Padrão
AMAPÁ, GERAL

Secretaria de Educação do Amapá retomou atendimento presencial nesta segunda-feira (24)

Nesta segunda-feira, 24, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) deu início à primeira etapa da retomada de suas atividades administrativas presenciais. Os quatro setoriais são Superfácil EducaçãoAtendimento Especializado e Núcleo de atendimento à Saúde do Educando, ambos do Centro de Valorização da Educação (CVEduc), além do Núcleo de Educação de Jovens e Adultos (Neja)

“É uma primeira etapa seguindo o decreto de retomada das atividades públicas e vai pegar primeiro setores-chave da Seed que fazem o atendimento ao usuário. Temos um comitê de retomada que realizou pesquisas internas com os servidores para saber quem está apto ou não para retornar. Com isso, garantimos todos os EPI’s e estrutura física que comporte esse retorno”, disse Dannielson Thoptsom, secretário adjunto da Seed

Os portões da secretaria abriram para atendimento somente na entrada pela avenida Procópio Rola. Para Rosa Maria Machado, recepcionista do Superfácil Educação, mesmo que feliz com a retomada, o momento exige todo cuidado e atenção.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SANTA CATARINA

Secretaria estabelece suspensão de aulas presenciais até 12 de outubro em Santa Catarina

A Secretaria de Estado da Educação decidiu manter a suspensão de aulas presenciais pelo menos até 12 de outubro em Santa Catarina, de acordo com as medidas de combate ao coronavírus do Governo do Estado. A definição vale para as redes pública e privada, municipal, estadual e federal, relacionadas à educação infantil, nível fundamental, médio, educação de jovens e adultos (EJA) e ensino técnico.

A nova data apresentada é uma resposta ao quadro demonstrado nesta terça-feira, 18, pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, ao secretário da Educação, Natalino Uggioni e à equipe técnica da SED, em reunião on-line. Segundo o titular da Saúde, a situação em todas as 16 regiões do Estado ainda é considerada gravíssima (12) ou grave (4) e requer a continuidade de planejamento e alerta antes da retomada de aulas presenciais. Priorizando dessa forma a segurança de estudantes, de professores e dos profissionais da educação.

LEIA MAIS

Padrão