ACRE, GERAL

Governo do Acre instala comitê para acompanhamento de volta às aulas

O governador Gladson Cameli criou nesta quarta-feira, 11, um comitê de acompanhamento de retorno às aulas híbridas (modo presencial e remoto) na rede estadual de ensino. O decreto de criação foi publicado no Diário Oficial do Estado do Acre (DOE).

De acordo com as orientações publicadas, ao comitê cabe orientar e monitorar o processo de retorno das aulas presenciais e avaliar as ações e medidas implementadas, propondo ajustes nas estratégias frente aos resultados identificados.

O comitê será composto por três representantes da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por três membros da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), por um membro do Ministério Público Estadual (MPE), um membro do Conselho Estadual de Educação (CEE) e um do Conselho de Diretores de Escolas Públicas (Codep).

A coordenação do comitê será exercida pela SEE, que também fornecerá apoio institucional e técnico-administrativo e será responsável pelo assessoramento e pela organização dos trabalhos. Cada membro terá um suplente, que fará as substituições em casos de ausências e impedimentos.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Escola em Casa registra mais de 3 milhões de acessos e consolida educação a distância no Acre

Um levantamento do Departamento de Mídias Digitais, da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes do Acre (SEE), revela que a plataforma Escola Digital se consolidou como ferramenta fundamental de fornecimento de conteúdos pedagógicos no ano letivo de 2020, extremamente adverso diante dos desafios do ensino-aprendizagem em meio à pandemia do coronavírus. Como resultado, mais de 3,1 milhões de acessos ao portal foram registrados desde que o programa Escola em Casa foi iniciado oficialmente, no dia 22 de junho de 2020, até estes primeiros dias de março de 2021.

Sem a possibilidade das aulas presenciais por conta do risco da contaminação de estudantes e trabalhadores pela Covid-19, a equipe da SEE deu início ao programa Escola em Casa, com o apoio da Coordenação Nacional do Projeto Escola Digital.

Nesta semana, os técnicos do Departamento de Mídias Digitais da SEE concluíram um relatório detalhando os resultados obtidos nestes poucos mais de nove meses desde que a plataforma entrou em operação, como apoio imprescindível para a comunidade escolar.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Estudantes da Educação no Campo devem ficar atentos ao retorno das atividades do ano letivo de 2020 no Acre

Diante das adversidades de um ano atípico, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE),  tem se empenhado para garantir a continuidade do ensino aos alunos da rede pública, sobretudo na modalidade de Educação no Campo, que, além dos desafios da pandemia, enfrentam a incidência do período chuvoso na região, ocasionado pelo inverno amazônico.

A equipe de gestão, do ensino e de logística do Departamento da Educação do Campo tem desenvolvido estratégias pedagógicas para contemplar os 38.778 estudantes das regiões rurais. Tendo em vista os desafios do acesso as unidades do campo, a comunidade escolar adapta as resoluções de ensino em um formato específico, dentro das condições de cada aluno.

Devido ao aumento de casos de Covid-19 no Estado, a Educação, seguindo as medidas sanitárias estabelecidas pelo novo decreto estadual, retornou às atividades de ensino de forma não presencial, para o encerramento do ano letivo de 2020, na última segunda-feira, dia 8, que será concluído em março.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Governo do Acre dará continuidade ao Programa Escola em Casa em 2021

Dezessete de março de 2020. Exatamente nessa data, o governo do Acre decretava a suspensão das atividades nos órgãos públicos, principalmente nas escolas, cujo ano letivo havia iniciado no dia 10 de fevereiro. Era a pandemia que começava a fazer suas vítimas, inclusive no Acre.

Mas o governo não ficou parado. A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Diretoria de Ensino, logo procurou meios para que se continuasse com o ano letivo. E foi assim que surgiu a ideia criar um programa para que os alunos, remotamente, pudessem continuar estudando e aprendendo.

Assim, foi criado na SEE o Departamento de Mídias Digitais, cuja finalidade maior era contribuir com a gravação de vídeos e audioaulas que seriam, posteriormente, retransmitidas aos estudantes, inclusive nos recantos mais remotos do estado. Nascia o programa Escola em Casa.

As gravações se iniciaram logo no mês de abril, e no dia 22 de junho o primeiro programa ia ao ar pela AmazonSat, filiada à Rede Amazônica de Televisão. Disponível em 18 municípios acreanos, a emissora pode ser acessada, em Rio Branco, pelo canal 31.1.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Aulas remotas no Acre retornarão no dia 8 de fevereiro

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), retornará com as aulas remotas das escolas da rede no próximo dia 8 de fevereiro. A informação foi dada pelo secretário Mauro Sérgio Ferreira da Cruz. “Estamos concluindo a formação das nossas equipes para que elas possam repassar as orientações às escolas”, disse.

O retorno das aulas remotas será para concluir o ano letivo de 2020. De acordo com o secretário Mauro Cruz, embora o governo do Estado tenha sido pego de surpresa com a pandemia no ano passado, foi realizado todo um planejamento, inclusive com a criação do Programa Escola em Casa, para garantir o ensino aos alunos em todo o Estado.

“Em 2020 realizamos três bimestres e fizemos a opção em concluir o quarto bimestre agora no início de 2021 porque a nossa expectativa era de que a situação da pandemia estivesse amenizada, mas o atual cenário nos impossibilita em retornar com os encontros presenciais”, disse.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Projeto Escola em Casa incentiva o ensino a distância no Acre

Dona Edna Yawanawá mora no município de Tarauacá, distante 409 km da capital do Acre. Com cinco filhos, ela mantém todos eles estudando e aprendendo. Ela e os filhos acompanham as aulas remotas que são oferecidas pelo governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE).

Ela realiza o que chama de “revezamento de horário”. As aulas são acompanhadas principalmente pelo rádio, pela televisão e também pelo celular. Como criou uma rotina, também tem acesso aos materiais impressos disponibilizados pela escola.

“Para mim isso tem sido de grande alegria porque eu sinto que nós não fomos abandonados, o governador está sempre se preocupando com a gente, a gente sente essa preocupação e as escolas estão realmente presentes na vida dos alunos”, faz questão de dizer ao se referir às aulas remotas realizadas pela SEE.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Fórum Estadual de Educação do Acre define posicionamento em relação às aulas presenciais

A reunião extraordinária do Fórum Estadual de Educação foi realizada na tarde desta segunda-feira, 3, no auditório da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), em Rio Branco. O principal objetivo foi discutir estratégias de retomada das aulas presenciais nas escolas da rede estadual de ensino do Acre.

Realizado tanto de modo presencial, respeitando as medidas de distanciamento, quanto de forma online, o evento contou com a presença de representantes da Secretaria Estadual de Saúde, Prefeitura de Rio Branco, União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Unime), Conselho Estadual de Educação (CEE), sindicatos, Colegiado de Diretores de Escolas Públicas (Codep), Ministério Público do Estado, Tribunal de Contas e outras instituições.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Programa Escola em Casa adapta ensino para alunos do Acre

Completando um mês de lançamento no Acre, o programa Escola em Casa transformou a residência de muitos estudantes em uma extensão da sala de aula. Com a paralisação das aulas presencias, para evitar a proliferação da Covid-19, por enquanto, a lousa do professor é substituída pela tela da TV e as explicações ouvidas pelas ondas sonoras do rádio.

Idealizado pelo governo do estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), o programa exibe um cronograma de aulas semanais, transmitindo tanto para zona urbana, quanto para a zona rural, possibilitando um acesso integrado do ensino até mesmo para aqueles alunos em regiões mais isoladas.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Educação do Acre entrega computadores nas escolas do interior

Esta semana foi a vez das escolas dos municípios de Mâncio Lima e Rodrigues Alves serem contempladas com os novos computadores adquiridos pelo Governo do Estado por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE).  Eles irão substituir antigas máquinas, que estavam obsoletas e já não atendiam as demandas das comunidades escolares.

São computadores novos, com processadores modernos e já com o Sistema Integrado de Monitoramento e Avaliação da Educação (Simaed), fundamental para a realização do Censo Escolar, permitindo dinamizar o trabalho das equipes gestoras. Servirão também para readequar os laboratórios de informática das escolas.

Nessa etapa, entre as escolas contempladas com os novos computadores está a Belarmino de Mendonça, em Mâncio Lima. Para lá foram colocados à disposição oito novos equipamentos. O professor José Fernandes Góes, gestor da escola, comemorou a aquisição.

“Os novos computadores irão melhorar muito o nosso trabalho, porque os antigos que estavam aqui já não baixavam certos programas, o que atrapalhava muito o nosso trabalho. Sem dúvida, só temos a agradecer ao governo do Estado e ao secretário Mauro Sérgio, que veio pessoalmente nos entregar esse presente”, disse.

LEIA MAIS

Padrão
ACRE, GERAL

Educação do Acre distribui cartilhas de desenho junto aos kits da merenda escolar

A Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Divisão de Merenda Escolar, está distribuindo, junto com os kits de merenda escolar, cartilhas de desenho para colorir aos alunos de famílias de baixa renda, beneficiárias do programa Bolsa Família em Rio Branco capital do Acre. 

A ação é desenvolvida pelos estudantes do curso de Nutrição da Universidade Federal do Acre (Ufac), em parceria com a SEE. As cartilhas, educativas e lúdicas, têm como tema o combate ao coronavírus, lembrando, por meio das ilustrações, a importância de se lavar bem as mãos e manter os ambientes sempre bem arejados.

A SEE emitiu a portaria 984/2020 que normatiza a distribuição da merenda escolar às famílias de baixa renda. Ao longo da semana, para evitar que os produtos mais perecíveis se estraguem nos depósitos das escolas e no armazém da secretaria em Rio Branco, os gestores e suas equipes vêm montando e distribuindo o itens em sacolões. Ao todo serão distribuídos cerca de mil exemplares das cartilhas de desenho, que vêm acompanhadas de lápis de cor.

LEIA MAIS

Padrão