DISTRITO FEDERAL, GERAL

Profissionais de todas as escolas públicas do Distrito Federal estarão vacinados até 23 de junho

Em reunião com o secretário de Saúde no fim da tarde da última quinta-feira, 10, o secretário de Educação, Leandro Cruz, acertou os detalhes de mega esforço de vacinação da Educação: serão 42 mil doses nos próximos 13 dias. Dessa forma, todos os profissionais das escolas da rede pública de ensino serão vacinados, a maioria deles com a vacina fabricada pela Janssen Farmacêutica, cujo protocolo requer apenas uma dose para imunização completa.  

O esforço começa neste fim de semana. Serão aplicadas oito mil doses, sendo metade no sábado e metade no domingo. Este lote específico será direcionado às últimas creches que ainda não haviam sido chamadas — são todas privadas, a maior parte formada por conveniadas com o poder público.  

A lista com o nome dos convocados foi publicada na sexta-feira, 11, no site da Secretaria de Educação.   A Secretaria de Saúde disponibilizou quatro locais de vacinação. Haverá uma lista com mil nomes em cada um deles. O profissional convocado poderá vacinar no período entre 9h e 17h.  

O secretário Leandro Cruz explica que o esquema de vacinação permanece o mesmo. O profissional listado no Parque da Cidade não será vacinado se for ao Sesc da Ceilândia. “Cada um deve se dirigir ao local de vacinação para o qual foi convocado. A vacinação da educação tem sido um grande exemplo de organização, tem ocorrido tranquilamente, sem tumultos, então vamos manter a nossa marca”, conclama.

LEIA MAIS
Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Escolas privadas do Distrito Federal terão de informar casos de covid-19

As instituições educacionais privadas serão obrigadas a informar à Secretaria de Educação os casos suspeitos e os de ocorrência de covid-19 registrados a partir de 27 de agosto de 2021. É o que prevê a Portaria 156, publicada no Diário Oficial do Distrito Federal nesta segunda-feira, 7.

A medida tem por objetivo monitorar a epidemia na rede particular de educação básica, bem como subsidiar as pastas da Educação da Saúde para atuarem rapidamente em possíveis ocorrências de surtos nas escolas.

Para que as escolas tenham prazo suficiente, o processo começa agora. Neste primeiro momento, as instituições poderão baixar a planilha em Excel, que estará disponível no site da Secretaria de Educação a partir desta terça-feira, 8. O documento deverá ser preenchido com os dados de todos os estudantes, professores, demais funcionários e colaboradores.

Até 17 de junho, será disponibilizado o sistema para upload da planilha e as escolas terão até 27 de agosto para sua inserção no sistema.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Primeira semana de vacinação dos profissionais da Educação do Distrito Federal é concluída

A vacinação dos profissionais da educação completou a primeira semana nesta sexta-feira, 28, com sucesso. Foram cinco mil educadores imunizados — todos os diretores das 689 escolas públicas e mais os profissionais de 172 creches públicas e privadas.

Agora, chegou a vez dos vice-diretores de escolas públicas, que já estão sendo convocados. Além deles, a próxima lista de convocação continua chamando o pessoal das creches.

O secretário de Educação, Leandro Cruz, tem visitado a UBS diariamente, vendo de perto o andamento dos trabalhos e conversado com os profissionais. Ele comemorou o êxito da primeira semana. “Muita ansiedade, muita luta e muito trabalho duro. Contamos com a parceria do Governo do Distrito Federal – da Secretaria de Saúde, da Casa Civil, do governador Ibaneis Rocha. Assim, conseguimos chegar nesse dia. Sexta-feira passada, começamos a nossa vacinação dominando aquela ansiedade do início e, agora, você vê uma grande festa. A vacinação dos profissionais da educação dá uma grande aula de organização e alegria. Vacina é vida, vacina é ciência. Educação sempre em defesa da vida”, afirmou.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Escolas do Distrito Federal vão receber termômetros para aferição de temperatura

Todas as 686 unidades escolares da rede pública do Distrito Federal vão receber termômetros para aferição da temperatura de seus estudantes. Também serão contempladas as 14 regionais de ensino e as três sedes administrativas da Secretaria de Educação.

O edital do pregão eletrônico para a compra de 2.542 termômetros digitais infravermelhos foi publicado no Diário Oficial do DF desta segunda-feira, 24. A medida faz parte do protocolo de segurança sanitária para o retorno das atividades presenciais, previsto para agosto, em data a ser anunciada pela Secretaria de Educação do DF.

O valor total estimado da aquisição é de R$ 332,6 mil. As propostas já podem ser enviadas e a abertura está marcada para 4/6, às 9h.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Educação do Distrito Federal divulga lista do 1º Grupo de Vacinação do Sistema de Ensino

A vacinação dos profissionais da rede pública de ensino e das escolas privadas começa às 9h desta sexta-feira, 21, na Unidade Básica de Saúde número 1, no Guará. A lista dos primeiros vacinados é composta por 1010 educadores. 80% deles atuam em creches públicas e privadas. Os 20% restantes são formados por gestores das escolas públicas do DF.

A vacinação está dividida em horários. Os primeiros a serem vacinados serão 66 profissionais do Centro de Educação Infantil 06, de Taguatinga. A partir das 9h30, são esperados 79 pessoas do Centro de Educação Infantil 01, de Brasília. O calendário segue dessa forma, incorporando uma nova escola a cada meia hora — CEI 03, de Brazlândia, CEI Sussuarana, do Paranoá, Centro de Educação da Primeira Infância Flamboyant, de Brazlândia, creche Cantinho de Você, da Candangolândia, CEPI Ipê Amarelo, de Ceilândia Norte e assim sucessivamente.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Vacinação de profissionais da Educação do Distrito Federal começa nesta sexta-feira (21)

O secretário de Educação do DF, Leandro Cruz, anunciou no início da noite desta quarta-feira, 19, que a vacinação dos profissionais de educação será iniciada na próxima sexta-feira, na Unidade Básica de Saúde nº 1, no Guará.

A vacinação da educação começará com profissionais da rede pública de ensino que estão atuando presencialmente nas escolas e mais o pessoal das creches públicas e privadas.

Os profissionais que estarão na lista para serem vacinados neste primeiro momento receberão o aviso para que compareçam à UBS 2 *, disse Leandro Cruz, durante programa ao vivo realizado no Sindicato dos Professores de Estabelecimentos Particulares (Sinproep) e transmitido em conjunto pelo canal EducaDF, mantido pela Secretaria de Educação no YouTube.

A convocação se dará numa escala de horário e a vacinação acontecerá em regime de drive thru.

O secretário de Educação explicou que a data de início da vacinação não aconteceu antes por causa da logística de vacina. “Toda a questão está ligada à oferta de imunizantes pelo Ministério da Saúde”, disse.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Secretaria do Distrito Federal pede a presidente do Senado que profissionais da Educação sejam incluídos entre as prioridades da vacinação

Em audiência na residência oficial ocorrida na manhã desta sexta-feira, 23, o secretário de Educação do Distrito Federal, Leandro Cruz, pediu ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que garanta a inclusão dos profissionais de educação como prioridade no Plano Nacional de Vacinação e que os professores não sejam obrigados a voltarem a dar aulas presenciais antes de serem vacinados.

A audiência tratou do assunto porque o Senado está prestes a votar o projeto de lei 5.595/2020, que torna a educação básica e o ensino superior serviços essenciais, o que significa que não podem ser interrompidos durante crises sanitárias.

Nós defendemos as aulas presenciais. Achamos que para os nossos estudantes é fundamental. Mas nós defendemos as aulas presenciais com as medidas de segurança necessárias. E a maior delas é a vacinação”, disse Leandro Cruz, que estava acompanhado do secretário-executivo, Fábio Sousa. “A gente acha que vacinar, não só todos os professores, mas também os demais profissionais da educação, é condição fundamental para a gente retomar as aulas presenciais”, completou.

A conversa entre o secretário e o presidente do Senado durou trinta minutos. Ao final, Rodrigo Pacheco se pronunciou.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Governo do Distrito Federal lança programa Virando o Jogo na Educação

As atividades na rede pública de ensino serão retomadas no dia 8 de março, “provavelmente com o modelo híbrido”, nas palavras do secretário de Educação, Leandro Cruz. O que significa que metade da turma terá aula presencial e a outra metade, virtual. Na semana seguinte, os papéis se invertem. Quem ficou em casa vai para escola, quem foi a escola fica em casa.

Essa, porém, não é a maior novidade para 2021. Numa coletiva de imprensa nesta quinta, 28, último dia do ano letivo de 2020, o secretário informou que anunciará nos próximos dias o programa Virando o Jogo na Educação. Será, segundo disse, um grande número de ações simultâneas em todas as etapas do ensino básico – com destaque para integração do modelo pedagógico com prática esportiva, cultura e ações de promoção do protagonismo estudantil.

Ao todo, são 15 programas e projetos, que buscam, principalmente, melhorar a qualidade do processo de ensino e de aprendizagem, bem como aproximar estudantes, comunidade escolar e sociedade.

“A gente entende que o ano de 2020 vai deixar graves sequelas na educação de Brasília, do Brasil e do mundo. O programa Virando o Jogo começa em 2021, mas não acaba em 2021, é um programa para uma década. É um programa para acompanhar e para resgatar cada estudante, cada conteúdo, tratar cada dano, emocional ou pedagógico, que teve esse nosso estudante”, disse o secretário. “A educação se faz de forma completa dentro da escola, isso é muito importante. O melhor lugar para se educar uma criança, é dentro da escola.”

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Mais de 90% das escolas do Distrito Federal já foram higienizadas

A operação para desinfecção e higienização das escolas da rede pública já passou por 91,2% das unidades, desde que começou, em 27 de julho. Das 686 escolas, 626 receberam as equipes do Sanear DF. A sanitização, feita com hipoclorito de sódio, é para garantir um retorno seguro das atividades presenciais.

“Em primeiro lugar, nosso compromisso é preservar vidas. Estamos adotando todos os cuidados e protocolos necessários para uma retomada gradual e segura para estudantes, professores e demais profissionais que atuam nas escolas. Quando houver o retorno presencial, haverá limpeza entre os turnos e nos intervalos, além de outros protocolos rigorosos de prevenção à covid-19higiene”, afirma o secretário de Educação, Leandro Cruz.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Mais de 50% das escolas do Distrito Federal já foram higienizadas pelo Sanear

A ação de desinfecção e higienização das escolas da rede pública de ensino do Distrito Federal contra a covid-19 segue em ritmo acelerado para que todas as unidades possam retomar as atividades presenciais de maneira segura. Na primeira semana de trabalho das equipes do programa Sanear DF, 355 escolas já foram sanitizadas.

Até a última sexta-feira, 31/7, os profissionais do programa já haviam desinfectado todas as escolas de Samambaia, Gama, Guará, Estrutural, Taguatinga, Recanto das Emas, Santa Maria, Candangolândia e Lago Sul.

A meta é higienizar 686 escolas do Distrito Federal até 14 de agosto. A sanitização das unidades escolares ocorrerá a cada 15 dias, em ciclos. Quando chegar à última escola, retornará para a primeira e assim por diante até o fim do ano letivo.

LEIA MAIS

Padrão