DISTRITO FEDERAL, GERAL

Aulas presenciais em escolas públicas do Distrito Federal não têm data para voltar

As aulas presenciais nas redes pública e privada de ensino do Distrito Federal não têm data determinada para retornar. A suspensão foi mantida por tempo indeterminado pelo governador Ibaneis Rocha por meio do Decreto nº 40.817, publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), no dia 22 de maio. As atividades educacionais presenciais estão suspensas em todas as escolas, universidades e faculdades.

As unidades escolares da rede privada de ensino do Distrito Federal poderão adotar a antecipação do recesso ou férias escolares. Os ajustes necessários para o cumprimento do calendário escolar serão estabelecidos pela Secretaria de Estado de Educação, após o retorno das aulas. As atividades nas creches conveniadas à rede pública também continuam suspensas.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Educação do Distrito Federal lança série para motivar estudantes: Aprendendo a estudar

A pandemia da covid-19 mudou a vida de todo mundo. Para preservar a saúde de todos, as aulas foram suspensas e a Secretaria de Educação lançou o programa Escola em Casa-DF, com o objetivo de dar continuidade ao ano letivo e manter os estudantes vinculados às escolas. É um mundo novo e muitos têm dificuldades de adaptação à educação mediada por tecnologia. Pensando nisso, a Secretaria de Educação está lançando em seu site e redes sociais, a partir desta segunda-feira (25/5), a série de vídeos Aprendendo a Estudar. São seis episódios, que vão entrar nas redes sociais da Secretaria às segundas, quartas e sextas-feiras, sempre às 14h.

São episódios gravados por professores e psicólogos com o intuito de despertar o interesse dos estudantes pelos estudos, com a intenção de mostrar a eles que mudanças simples de comportamento aliadas a técnicas de estudo podem melhorar sua performance e tornar mais agradável a aprendizagem. Os estudantes vão encontrar dicas que podem ser usadas tanto no período de afastamento escolar quanto na volta às aulas presenciais.

O ensino mediado por tecnologia requer organização e foco, já que o estudante está sendo guiado a distância pelo professor. Trata-se de uma forma diferente de aprender. Nesse sentido, a série Aprendendo a Estudar objetiva motivar os estudantes e orientá-los sobre hábitos de estudos.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Mulheres da Secretaria de Educação promovem live representativa

Com o tema “Mulheridades: identidades e representação social”, a Secretaria de Educação vai realizar uma conferência via live, de acesso liberado às servidoras e à comunidade, no dia 27 de maio, próxima quarta-feira, às 19 horas. Março é o mês das mulheres. Mas, este ano, com a suspensão das aulas, alguns eventos da pasta voltados ao público feminino acabaram não ocorrendo. A conferência, originalmente marcada para dia 26 de março, ganhou o formato do momento e vai acontecer agora.

“A ideia é promover um momento para dialogarmos acerca das diferentes vivências do ‘ser mulher’, por meio das vozes de diversas representatividades femininas que dão destaque à interseccionalidade e à pluralidade identitária. Para isso, considerando aspectos étnico-raciais, geracionais, a diversidade religiosa e, também, a posição profissional”, explica a gerente de Educação em Direitos Humanos e Diversidade (GDHD) e mediadora da webconferência, Aldenora Macedo.

A live vai apresentar o debate entre sete participantes. São servidoras da SEEDF e uma aluna da rede pública. Luiza Peres finalizou o Ensino Médio em 2019, no CEM 12 de Ceilândia, e vai relatar a experiência como adolescente e as observações da sua geração sobre o avanço do empoderamento feminino. “Pretendo falar sobre a minha geração, como o cenário me afeta, como me sinto representada, cobrada ou influenciada socialmente por todas as mudanças. Acredito que o debate seja parte da iniciativa para ajudar gerações futuras. Não sei se viverei para ver as mulheres sendo tratadas com igualdade, mas é uma luta da qual quero fazer parte e ajudar as outras a percorrer este caminho”, conta a estudante de 18 anos.

Todas as pessoas interessadas vão poder acessar o link do Google Meet e participar da webconferência no dia 27. “Cada uma vai se manifestar do seu lugar de fala. Queremos manter o diálogo sobre os eixos transversais, previstos no currículo da secretaria, que tratam também do empoderamento feminino e do combate ao machismo. Inclusive, ressaltando o aumento significativo da violência contra a mulher nesse período de isolamento e combate ao coronavírus”, complementa a gerente da GDHD.

Durante a transmissão da live, um formulário será enviado pelos comentários, com preenchimento de nome e e-mail, para que a área responsável possa encaminhar, posteriormente, uma declaração de participação.

O diretor de Educação do Campo, Direitos Humanos e Diversidade, Júlio César Moronari reconhece as mudanças históricas positivas, com a presença cada vez mais atuante das mulheres no mercado de trabalho. “Embora tenhamos heranças históricas do patriarcado, as mulheres têm ocupado espaço nas estruturas sociais, abandonando o papel único de responsáveis pelos afazeres do lar, assumindo postos de trabalho e cargos importantes. Assim, deixam de ser submissas e ganham o protagonismo na sociedade”, afirma.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, SERGIPE

Josué Modesto participa de sessão remota na Alese e fala sobre ações para minimizar efeitos da pandemia na Educação

O secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho, participou nesta quinta-feira, 21, da sessão remota da Assembleia Legislativa de Sergipe, para dialogar com os deputados estaduais sobre os dados atuais da rede estadual de ensino e mostrar as ações no enfrentamento e na mitigação da pandemia na Educação de Sergipe. Modesto também agradeceu à Casa a aprovação das Leis nº 8.503 (contratação de professor substituto), nº 8.595 (institui o Sistema de Avaliação da Educação Básica de Sergipe), nº 8.597, (institui o Programa Alfabetizar pra Valer – Pacto Sergipano pela Alfabetização na Idade Certa) e nº 8.628 (cria o ICMS-Social).

O Chefe da Educação Estadual, acompanhado do presidente da Alese, Luciano Bispo, iniciou a explanação das ações mostrando o Plano de Governo 2019-2022 para a área da Educação, estruturado em 21 itens, o qual colocou o setor como Política de Estado do Governo Belivado Chagas.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Famílias do Distrito Federal recebem Bolsa Alimentação Creche nesta quarta

As famílias beneficiadas com o Bolsa Alimentação Creche (BAC) vão receber os créditos referentes ao mês de maio nesta quarta feira, 20/5. Este novo crédito será de R$ 125, valor referente ao período de 6/5 a 31/5, em cumprimento ao Decreto 40.583, de 1º de abril, que suspende as aulas da rede até 31 de maio. O benefício é destinado a cerca de 20 mil crianças de até 5 anos, matriculadas nas creches conveniadas da rede pública de ensino do Distrito Federal.  O investimento total é de R$ 3.039.600.

Este é o terceiro pagamento do Bolsa Alimentação Creche. O primeiro foi no dia 1º de abril, no valor de R$ 60, proporcional ao período de 24/3, início da suspensão das aulas para as creches conveniadas, a 5/4. O segundo pagamento foi no dia 16 de abril, no valor de R$ 150, referente ao período de 6/4 a 5/5.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Educação do Distrito Federal contrata cooperativas e associações de agricultores familiares

A Secretaria de Educação do vai adquirir frutas e hortaliças de agricultores familiares do Distrito Federal. A aquisição será feita pelo Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE), financiado com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). O resultado do chamamento público, divulgado no Diário Oficial  (DODF) desta terça-feira (19), traz 17 associações e cooperativas de agricultores familiares vencedoras, que vão fornecer os alimentos para a Educação. O investimento total previsto é de R$ 20,2 milhões.

Os contratos anteriores foram encerrados no final de março deste ano. No início do mesmo mês, o chamamento público já havia começado para a contratação de novos fornecedores. No entanto, com as medidas que precisaram ser adotadas para combater a disseminação da pandemia do coronavírus, a Secretaria consultou o FNDE para rever as regras do chamamento público, que seria realizado de forma presencial, e obteve a autorização para realizar a chamada remota, online. Assim, foi possível concluir o procedimento.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Educação do Distrito Federal adere à semana de doação de leite materno

Em um período de pandemia, quando a solidariedade faz toda a diferença, com a doação de leite materno não poderia ser diferente. Pensando nisso, a Secretaria de Educação fechou parceria com outras entidades para a Semana Distrital de Doação de Leite Materno, que começa hoje com ações virtuais incentivadoras. O secretário da pasta, João Pedro Ferraz, participou da conferência de abertura, promovida pela Rede Universitária de Telemedicina (Rute) nesta segunda-feira (18/5). E amanhã, 19 de maio, é comemorado o Dia Mundial de Mobilização de Leite Humano.

Para colaborar ainda mais e comemorar a baixa no déficit do banco de leite este ano de 35% para 11% (comparação em relação ao mesmo período em 2019), a Fábrica Social doou mil camisetas para bebês com a frase “Eu divido meu leite”. A ideia é que as mães já incentivem os filhos desde os primeiros meses de vida a repartir o alimento e, dessa maneira, ajudar outros bebês.

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Prêmio Respostas para o Amanhã tem inscrições até 10 de agosto

A 7ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã está recebendo inscrições de projetos voltados para o futuro até o dia 10 de agosto. O tema em 2020 é “O que você quer fazer pelo seu futuro hoje, @?” A ideia é revelar as respostas de amanhã para os desafios atuais. O Prêmio busca estimular e divulgar projetos de investigação científica e/ou tecnológica desenvolvidos por estudantes do Ensino Médio da rede pública de ensino.

A inscrição pode ser feita pelo site do Prêmio. Para participar, basta que o professor informe seus dados pessoais, as informações da escola, indique a equipe participante e a ideia de projeto. Também é preciso enviar um vídeo com depoimentos dos estudantes da equipe, apresentando a ideia. As inscrições são gratuitas e não há limites de projetos por professor e por escola.

A seleção será feita por um comitê Técnico de Avaliação entre os dias 11 de agosto e 2 de setembro, quando será divulgado o resultado para os semifinalistas. Os 20 semifinalistas receberão mentorias on-line em setembro para o desenvolvimento do projeto apresentado.

A seleção dos 10 finalistas será entre 1º e 14 de outubro, com resultado previsto para o dia 15 de outubro. A mentoria para esses projetos será entre 19 de outubro e 6 de novembro, quando eles terão apoio para realizar o protótipo da ideia apresentada.

Os melhores protótipos vão passar por juri popular, em votação no site do Prêmio Respostas para o Amanhã, quando serão escolhidos os três melhores. As equipes finalistas vão apresentar os projetos na I Mostra Respostas para o Amanhã, momento em que a Comissão Avaliadora anunciará os três Projetos Vencedores Nacionais. O resultado será divulgado no dia 11 de novembro.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Educação do Distrito Federal entrega kits de alimentos para estudantes do campo

A segurança alimentar dos estudantes, especialmente os que estão em situação de vulnerabilidade, é uma das prioridades da Secretaria de Educação. Em uma nova ação, começa nesta quinta-feira (14/5) a distribuição de kits de alimentação escolar, conforme cronograma definido por cada regional de ensino. Nesta primeira fase, serão contemplados cerca de 18 mil estudantes de 70 escolas de áreas do campo. São crianças e adolescentes cujas famílias não recebem o auxílio alimentação da SEEDF, em razão de não estarem no cadastro do Bolsa Família, critério para a concessão deste benefício.

Para evitar aglomerações e o consequente risco de propagação da covid-19, as nove regionais de ensino que atendem este público montaram seus cronogramas e a logística de entrega. Além da divulgação pelos canais da SEEDF, os pais serão avisados pelas direções das unidades de ensino quanto às datas e horários para buscarem os kits diretamente nas escolas.

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Avançam obras de restauração em escolas da rede pública do Distrito Federal

Ao apresentar as obras feitas no Centro de Ensino Fundamental (CEF) Arapoanga, em Planaltina, o diretor da unidade, Jordenes Ferreira, fez questão de começar pelos novos banheiros dos meninos e das meninas. Não é para menos. Fazia 21 anos que esses cômodos aguardavam obras de reestruturação.

Quando questionado por representantes da Secretaria de Educação (SEE) sobre os locais em que pretendia utilizar a verba destinada à escola do Setor Arapoanga, ele não teve dúvida. “Não pensei duas vezes”, conta. “Em tempos de coronavírus, um banheiro novo e limpo daria mais higiene para os alunos quando voltarem dessa quarentena”. E assim foi feito.

Jordenes tem razão em começar a visita por lá. O encantamento ocorre já à primeira vista. Os dois espaços estão totalmente iluminados e limpos. Tudo novinho em folha. O piso, revestido por um porcelanato brilhante, fica ainda mais vistoso com a iluminação em lâmpadas de LED instaladas juntamente com os vasos sanitários e as torneiras. “Queremos receber nossos alunos de volta e em grande estilo”, diz o entusiasmado diretor.

Padrão