BAHIA, GERAL

Ano letivo da rede estadual Bahia migrará para aulas 100% presenciais no dia 18 de outubro

A partir do dia 18 de outubro, as escolas da rede estadual de ensino da Bahia passarão para a terceira fase do ano letivo continuum 2020/21, com as aulas 100% presenciais. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, nesta sexta-feira (8), durante agenda no município de Floresta Azul, no sul baiano.

“As escolas estão no modelo híbrido, mas na segunda-feira, dia 18, voltaremos com as aulas 100% presenciais. Até lá, temos mais uma semana para finalizar a preparação e organização para esse retorno”, explicou Rui.

O ano letivo continuum 2020/21 na rede estadual de ensino começou no dia 15 de março e migrou para o híbrido, com aulas semipresenciais, no dia 26 de julho para o Ensino Médio e no dia 9 de agosto para o Ensino Fundamental. Como preparação para as aulas semipresenciais, as escolas da rede estadual passaram por adequações dos protocolos de biossegurança, com investimentos da ordem de R$ 305 milhões, disponibilizados para reforma, manutenção e adequações.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destacou que novos recursos foram destinados para as escolas, no mês de agosto, visando as aulas 100% presenciais. “Foram destinados R$ 250 milhões, do Tesouro Estadual,  para as escolas pelo Programa Retorno Escolar Seguro (PRES). Os recursos transferidos para a conta da Caixa Escolar visam a cobertura de despesas de custeio e capital até o final do ano letivo, voltados à manutenção física e pedagógica das unidades escolares, conforme o protocolo de biossegurança”, afirmou.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, MATO GROSSO

Mato Grosso retoma aulas 100% presenciais

As aulas na rede estadual de educação de Mato Grosso terão o retorno 100% presencial no dia 18 de outubro. A nova portaria da Secretaria de Estado de Educação (Seduc-MT) será publicada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (08.10).

O secretário de Estado de Educação, Alan Porto, enfatiza que a decisão segue o Decreto nº 1.134/2021, publicado na última segunda-feira (04.10), com base na diminuição nos números de casos da Covid-19 nas últimas semanas. O documento considera a redução das taxas de ocupação de leitos de UTI e de enfermarias, a ampliação da vacinação e aumento da distribuição de doses de imunizantes contra a Covid-19 em todo o Estado.

A nova portaria ainda segue o monitoramento realizado pela Seduc, quanto à frequência dos estudantes no formato híbrido; o baixo índice de casos de Covid-19 nas unidades escolares; as solicitações de várias unidades para o retorno 100% presencial das atividades e a transferência de recursos para adoção das medidas de biossegurança em todas as escolas.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, TOCANTINS

Educação do Tocantins promove formação sobre ensino híbrido e aprendizagens essenciais

A formação ‘Ensino Híbrido – aprendizagens essenciais e avaliação diagnóstica’ foi realizada na manhã desta quinta-feira, 7, pela Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc). O evento tem como objetivo apresentar os aspectos pedagógicos relacionados à elaboração da avaliação diagnóstica para subsidiar o retorno presencial dos estudantes. 

A formação, destinada aos secretários municipais de Educação e aos assessores da Assessoria de Apoio aos Municípios (Asmet) nas Diretorias Regionais de Educação, Juventude e Esportes, ocorreu por meio do canal oficial TV Seduc Tocantins, no YouTube, onde também ficará disponível para acesso.  Na ocasião, também foram apresentados detalhamentos do processo de elaboração da avaliação com o passo a passo da utilização das ferramentas Forms e google drive.

A avaliação, a ser desenvolvida, direciona-se ao ensino fundamental, do 1º ao 6º ano e conta com questões de Língua Portuguesa e Matemática, em que tanto a rede estadual, como a municipal, poderão utilizar seus resultados para subsidiar o planejamento do professor, orientando o trabalho junto aos estudantes, considerando o grau de dificuldade de aprendizagem conforme diagnóstico.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, GOIÁS

Rede de proteção previne aglomerações próximas às escolas estaduais de Goiás

Com a volta das aulas presenciais nas escolas estaduais goianas, em regime híbrido, desde o início de agosto, a aglomeração de alunos nas imediações das unidades escolares passou a ser prevenida pelas coordenações regionais de Educação (CREs) no estado. Em Iporá, na região oeste de Goiás, a coordenadora regional de Educação local, Regiane Cândido, promoveu uma reunião on-line com representantes da Rede de Proteção em Iporá, que debateu sobre este tema.

“Mesmo com o trabalho de orientação e mobilização feito sobre a importância em continuar seguindo os protocolos de biossegurança, devemos prevenir possíveis aglomerações próximas às escolas”, destaca Regiane.

O encontro reuniu, além da coordenadora regional de Educação, a assessora pedagógica da CRE de Iporá, Meirilene Dias; o promotor da 2ª Promotoria da Comarca de Iporá, Sérgio Falcão; o Tenente Coronel Tiago Messias; a presidente do Conselho Tutelar de Iporá, Helen Cristina, e demais componentes do Conselho; a secretária municipal de Saúde, Daniela Sallum; a articuladora do Programa Saúde na Escola da Secretaria Municipal de Educação, Paulla Millena Oliveira; a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, Ana Maria da Silva e a médica infectologista Doralice de Barros Capuzzo Gonçalves.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, PIAUÍ

Vacinação de adolescentes reforça o retorno seguro às aulas presenciais no Piauí

Estudantes do Piauí estão sendo imunizados contra Covid-19 e a vacinação reforça o retorno seguro às aulas presenciais. Na cidade de Porto do Piauí, por exemplo,  estudantes da faixa etária dos 14 aos 16 anos de idade foram imunizados essa semana com a 1ª dose da vacina da farmacêutica Pfizer. Os alunos do Centro Estadual de Tempo Integral Otávio Falcão estão entre os 300 jovens vacinados no município.

O secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, destaca que no mês de junho desse ano teve início o processo de vacinação dos profissionais de educação. Já entre junho e julho a vacinação avançou bastante. “Iniciamos o mês de agosto com mais de 76 mil profissionais da educação do Piauí com o processo de imunização iniciado, pelo menos com a primeira dose ou até, em alguns casos, já com a segunda dose ou com a vacina única. Isso criou um clima de confiança maior no ambiente educacional e também nos números que nos dão mais segurança no retorno ao ambiente escolar”, relata.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RORAIMA

Estudantes do Ensino Médio e EJA retornam às aulas presenciais de forma gradual na próxima semana em Roraima

A partir do dia 20 de setembro, o Governo de Roraima vai retomar as aulas presenciais na rede estadual de ensino no formato gradual e mantendo ainda o atendimento remoto. No primeiro momento, vão retornar às salas de aula os estudantes do Ensino Médio e da EJA (Educação de Jovens e Adultos).

O público inicial para o retorno foi definido em função da terminalidade da etapa de ensino, com estudantes se preparando para o Enem (Exame de Ensino Médio), vestibulares e outros certames, levando ainda em consideração o avanço da vacinação, em especial para os estudantes da EJA, que já é um público adulto.

“Estamos organizando as escolas para esse retorno com aquisição de produtos de higiene, totens para álcool em gel, entre outros. As equipes gestoras também estão sendo orientadas para esse momento importante para a educação. A ação também será monitorada pela secretaria de Saúde do Estado”, informou o Governador Antonio Denarium.

LEIA MAIS

Padrão
ALAGOAS, GERAL

Educação de Alagoas transporta diariamente alunos da rede estadual para pontos de vacinação

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) continua a mobilizar os alunos da rede estadual para que recebam a vacina contra a Covid-19 que, no mês de agosto, chegou ao público adolescente. Desde o último dia 26, o órgão disponibiliza, diariamente, sua frota de ônibus escolares do programa Meu Transporte Novo, lançado pelo Governo de Alagoas, para levar os jovens ao ponto de vacinação do Maceió Shopping, na capital.

 “Ao alocarmos nossa frota para transportar estes jovens para vacinação, temos em mente duas missões: a primeira, imunizar e proteger nossos alunos. A segunda, fazer com que eles levem essa mensagem para os colegas que, por ventura, ainda não despertaram para a importância da vacina ou tenham receio da aplicação. A iniciativa tem sido um sucesso com grande adesão dos nossos alunos”, avalia o secretário de Estado da Educação, Rafael Brito.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, 28.559 alagoanos de 12 a 17 anos já foram imunizados com a primeira dose. Em Maceió, onde 22.032 adolescentes dessa mesma faixa etária já receberam a primeira dose, a Seduc, diariamente, transporta alunos das escolas da 1ª e 13ª Gerências Regionais de Educação (Geres) até o local de vacinação. 

LEIA MAIS

Padrão
ESPÍRITO SANTO, GERAL

Educação do Espírito Santo libera mais recurso para escolas adquirirem itens de prevenção ao novo Coronavírus

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Educação (Sedu), publicou, no Diário Oficial do Espírito Santo, nesta segunda-feira (13), a Portaria nº 222-R, que autoriza o repasse de R$ 8 milhões para os Conselhos de Escola adquirirem itens para fins de prevenção e controle da transmissão do novo Coronavírus (Covid-19), enquanto perdurar o estado da pandemia. A ação beneficiará 434 escolas.

O subsecretário de Estado da Administração e Finanças da Secretaria da Educação, Josivaldo Barreto, falou sobre como as escolas devem utilizar o recurso. “Temos escolas que ainda contam com recurso, mas estamos mandando para complementar para o final de 2021 e início de 2022. Reprogramem os outros recursos, quem tiver em conta, considerando que as escolas estão com grande presença de estudantes. Agradecemos a todos vocês pelo empenho e dedicação com nossas escolas e alunos”, disse.

LEIA MAIS

Padrão
AMAZONAS, GERAL

Alunos e professores aprovam volta das aulas 100% presencial na rede estadual do Amazonas

Esta segunda-feira (23/08) foi diferente para os mais de 230 mil estudantes da rede pública estadual, que voltaram às aulas 100% presenciais e puderam reencontrar toda a turma. Depois de 18 meses com aulas via TV aberta e internet e, posteriormente, no sistema híbrido, eles chegam às escolas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e cheios de vontade de manter a rotina que estava fazendo falta.

Yonahiker Pinto, 14, cursa o 9º ano na Escola Estadual Cacilda Braule Pinto, no bairro Coroado, na zona leste de Manaus. Ele é venezuelano e chegou na capital pouco antes do início da pandemia iniciar. O adolescente foi vacinado no dia 14 de agosto e disse estar feliz em poder voltar com toda a turma e conviver com colegas que conhece tão pouco.

LEIA MAIS

Padrão