GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Início do segundo semestre de 2021 é marcado pelo retorno presencial dos estudantes da Rede Estadual do Rio Grande do Sul

Marcada pelo retorno presencial dos estudantes às escolas da Rede Estadual, a quarta-feira (4/8) foi de intensa movimentação entre professores, servidores e representantes da comunidade escolar. A secretária estadual da Educação, Raquel Teixeira, acompanhou de perto o início desse segundo semestre e visitou a Escola de Ensino Fundamental William Richard Schisler e o Colégio Piratini, em Porto Alegre.

O calendário letivo, que segue até 15 de dezembro, ocorre no modelo híbrido de ensino, com aulas presenciais e remotas por meio da plataforma Google Sala de Aula. Para amenizar as perdas educacionais e socioemocionais observadas durante a pandemia, no entanto, a Seduc está incentivando que os alunos retomem as aulas no formato presencial.

Ao conhecer os espaços das duas escolas e conversar com pais e alunos, a secretária Raquel elogiou a todos que não estão medindo esforços para que as aulas aconteçam da forma mais segura possível. “Cumprimento a todos, professores e alunos, pelo período difícil que vocês viveram em função da pandemia. Depois de um ano e meio é possível que tenhamos acumulado diversas perdas. Entretanto, estamos aqui para recuperar o estímulo, os sonhos, o entusiasmo, a aprendizagem e o conhecimento”, destacou a secretária.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Governo do Rio Grande do Sul e secretária de Educação Raquel Teixeira acompanham início da distribuição de 95 mil cestas básicas a famílias vulneráveis

Com o intuito de beneficiar alunos em vulnerabilidade social e suprir a necessidade de famílias afetadas pela pandemia, o governo do Estado começou a distribuir 95 mil kits de alimentação. Nesta quarta-feira (2/6), o governador Eduardo Leite e a secretária da Educação, Raquel Teixeira, foram acompanhar o início da distribuição na escola Stella Maris, em Alvorada.

“Estamos fazendo a entrega de 95 mil cestas básicas, através da Secretaria da Educação, para alunos e suas famílias que estão em situação de vulnerabilidade, além de outras 70 mil adquiridas pelo governo e que estão sendo entregues a famílias de detentos, a pessoas que perderam a renda na área da cultura e trabalhadores de outras áreas identificados pela nossa equipe. Ou seja, é uma série de frentes em que estamos atuando, buscando reduzir os transtornos e impactos, claro, a fome das pessoas que estão muito afetadas pela pandemia”, afirmou o Leite.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Secretária da Educação do Rio Grande do Sul visita escolas da Capital no retorno das aulas presenciais da Rede Estadual

A secretária da Educação, Raquel Teixeira, acompanhou, na tarde desta segunda-feira (3/5), o retorno das aulas presenciais na Rede Estadual. Neste primeiro momento, retomaram as atividades os estudantes da Educação Infantil e do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

Raquel acompanhou a organização da Escola Duque de Caxias, localizada no bairro Azenha, e da Escola Gomes Carneiro, na Zona Norte. Ela conversou com alunos, professores e responsáveis, conheceu a estrutura das escolas e recebeu demandas por parte das equipes diretivas.

“Nós queremos mostrar para a sociedade que a escola pode ser um ambiente controlado”, afirma a secretária. Ela destaca que há protocolos de saúde, máscaras e distanciamento, mas, acima de tudo, professores e profissionais da área da educação dedicados, organizados e com o espaço preparado para receber os alunos com segurança.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

“Estamos garantindo a retomada das aulas com todos os protocolos”, reforça Governo do Rio Grande do Sul durante em transmissão virtual

Ao lado da secretária da Educação, Raquel Teixeira, o governador Eduardo Leite fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, nesta sexta-feira (23/4), para detalhar a decisão de permitir o sistema de cogestão do Distanciamento Controlado também para a educação. A partir do decreto publicado na quinta (22), as atividades presenciais de ensino da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental já podem ser retomadas nas regiões classificadas em bandeira preta quando os protocolos municipais permitirem aplicação das regras da bandeira vermelha para as demais atividades.

“É muito importante que tenhamos o retorno das aulas de forma híbrida, com atividades presenciais com protocolos e distanciamento. Para isso, a educação foi incluída no sistema de cogestão. Isso significa que, embora o Estado esteja em bandeira preta, que serve de alerta para a população, os municípios podem aplicar as regras mais brandas, de bandeira vermelha, e assim possam fazer a retomada da educação presencialmente”, disse o governador.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Rio Grande do Sul busca no STF priorizar vacinação para profissionais da educação

O governador Eduardo Leite, representado pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE), ajuizou, na noite da quinta-feira (15/4), no Supremo Tribunal Federal, arguição de descumprimento de preceito fundamental (ADPF) com pedido de medida cautelar de urgência para a priorização da imunização contra a Covid-19 aos profissionais da área da educação no Estado.

Em sua manifestação inicial a PGE destaca que a violação de preceitos fundamentais que leva ao ajuizamento da arguição decorre da prática de atos administrativos pelo Ministério da Saúde, na elaboração do Plano de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e na ordem de vacinação dos grupos prioritários, os quais desrespeitam normas fundamentais da Constituição.

Nesse sentido, a Procuradoria pontuou como preceitos fundamentais violados o pacto federativo, as competências do ente estadual para a tutela da saúde, a proteção de crianças e adolescentes, o direito fundamental à educação e a prioridade absoluta de proteção às crianças e aos adolescentes, em respeito à condição peculiar das pessoas em desenvolvimento.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Rio Grande do Sul registra maior índice de acesso ao Google For Education no país

O governador Eduardo Leite se reuniu, por videoconferência, nesta terça-feira (9/3), com a equipe do Google for Education, que apresentou um balanço do uso da plataforma pelo Rio Grande do Sul em 2020.

De acordo com os dados da plataforma, o RS conseguiu que 82,86% dos alunos da rede pública tivessem acesso ao Google for Education. É o maior índice entre os 26 Estados e o Distrito Federal.

“A digitalização do ensino é um processo cheio de desafios, e a pandemia acelerou essa necessidade, especialmente devido a esse abismo social que vivemos. Era necessário levar o acesso às nossas crianças e jovens, e mesmo aos professores, tanto que precisamos adquirir computadores também para os educadores”, disse Leite.

O diretor para América Latina do Google for Education, Daniel Cleffi, o diretor do Google for Education Brasil, Alexandre Campos Silva, o diretor de relações governamentais do Google Brasil, Marcelo Lacerda, e a líder do setor público e programas do Google for Education Brasil, Marici Marchini, lembraram que o RS foi o único Estado que optou por utilizar exclusivamente a plataforma. Os demais Estados optaram por sistemas híbridos, que envolviam, além da plataforma, programas de televisão, entre outros.

“O ensino híbrido fica como legado e política pública, mesmo após a pandemia”, destacou o diretor Alexandre Campos.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Abertura do Ciclo de Formação Pedagógica do Modelo Híbrido de Ensino dá início ao ano letivo de 2021 no Rio Grande do Sul

A Secretaria Estadual da Educação (Seduc), por meio do Departamento Pedagógico, promoveu nesta quarta-feira, 3 de março, a abertura da Ciclo de Formação Pedagógica de início do ano letivo de 2021 para a Rede Estadual de Educação.

Com o tema “Formação Inicial do Modelo Híbrido de Ensino em 2021”, a live foi transmitida ao vivo pelo canal do Youtube TV Seduc RS e pela página da Seduc no Facebook com a mediação da diretora do Departamento Pedagógico, Letícia Grigoletto.

A formação segue nos dias 4 e 5 de março, quinta e sexta-feira, com encontros virtuais das Coordenadorias Regionais de Educação (CREs) com as equipes diretivas e professores de suas escolas; e nas instituições de ensino, de forma virtual, com o objetivo de formar professores e servidores.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

19ª Coordenadoria Regional de Educação entrega Chromebooks em formato drive thru no Rio Grande do Sul

Visando garantir a segurança dos servidores das escolas estaduais da região, a 19ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) fez a entrega dos Chromebooks para os professores da Escola Julio de Castilhos em formato drive thru nesta terça-feira, 19 de janeiro, em Sant’Ana do Livramento. O evento foi realizado em frente à sede da regional.

Para a coordenadora da 19ª CRE, Ana Alice Campagnaro, o equipamento eletrônico possibilita ao docente a aquisição de novos conhecimentos. “Isso o capacita cada vez mais para atender às exigências da atualidade, que se modificam com o passar do tempo, tendo, então, o educador que estar constantemente atualizado”, destaca.

A implantação da plataforma Google Classroom foi uma das metodologias adotadas pela Rede Estadual de Ensino para dar sequência ao processo de ensino-aprendizagem no ano letivo 2020. O uso de ferramentas digitais facilitou e contribuiu neste processo de aulas remotas, de todos aqueles que possuíam acesso.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Rio Grande do Sul disponibiliza acervo literário digital para alunos e professores nas Aulas Remotas

Com investimento de R$ 32,5 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o governo do Estado, via Secretaria da Educação (Seduc), disponibilizará, na plataforma Google Sala de Aula, duas novas ferramentas que irão oferecer um acervo literário totalmente digital. O conteúdo está em conformidade com a nova Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e se destina a alunos e professores no Modelo Híbrido de Ensino.

“Não podemos nos esquecer da importância da educação para transformarmos a nossa realidade, inclusive para disseminar boas práticas sanitárias, de saúde, de cuidados, mas principalmente para prepararmos nossas crianças e jovens para o mundo que os aguarda lá. Um mundo que passa por muitas transformações e que vai demandar cada vez mais das crianças e dos jovens a capacidade intelectual de criatividade e de inovação, e sabemos o quanto a leitura pode e deve ser uma aliada no sentido de estimular as mentes das nossas crianças e jovens”, destacou o governador Eduardo Leite.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Escolas do Rio Grande do Sul iniciam adaptação às Aulas Remotas

A Rede Estadual de Ensino está em fase de adaptação às Aulas Remotas, com professores e alunos se cadastrando e buscando se ambientar à plataforma Google Sala de Aula (Classroom). Parte dos docentes já utilizou a ferramenta durante as Aulas Programadas, ocorridas entre 19 de março e 30 de abril – ou mesmo antes, por iniciativa própria.

A coordenadora Sônia Rosa, da 27ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), localizada em Canoas, relata que já na sexta-feira (29/5) realizou webconferência com diretores e vice-diretores e, na segunda (1º), conversou com os coordenadores pedagógicos, para sanar dúvidas sobre o modelo de ensino. “A aceitabilidade está sendo tranquila, mesmo que ainda haja dúvidas quanto à plataforma. Estamos acompanhando o processo de alunos e professores criarem intimidade com a ferramenta”, destaca.

Segundo Sônia, já havia escolas da região que trabalhavam com o Google Sala de Aula. “É claro que, agora, será em um formato diferente, para toda a Rede, mas apenas 20% das escolas da região operavam no modelo físico”, observa.

Na região de Bento Gonçalves, abrangida pela 16ª CRE, o coordenador Alexandre Misturini conta que, em reunião com os diretores, reforçou que a aceleração do processo de informatização da Rede Estadual de Ensino é inevitável diante da pandemia de covid-19. “O sistema híbrido que a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) criou veio para ficar. Este sistema abre a nossa Rede para a educação 4.0, com metodologias ativas. Ele oferece novas possibilidades para professores e alunos”, afirma.

LEIA MAIS

Padrão