GERAL, SERGIPE

Municípios sergipanos já podem fazer a readesão ao Busca Ativa Escolar

Com o início do novo ciclo nas gestões municipais, em janeiro de 2021, os municípios sergipanos que fazem parte do Busca Ativa Escolar deverão readerir ao programa, visando dar continuidade aos trabalhos nos próximos quatro anos das novas administrações. No dia 31 de dezembro de 2020 a plataforma foi fechada, e nesta segunda-feira, 11, foi reaberta para o processo de readesão municipal, que deve ser feita no site:https://plataforma.buscaativaescolar.org.br/login.

Todo o histórico dos dados de usuários, alertas e casos ficaram salvaguardados, e assim que a readesão for feita, a equipe, dentro das suas funções e permissões usuais, poderá acessar as informações novamente e dar continuidade ao trabalho. Para a orientação da readesão, o Unicef disponibilizou um guia que consiste em um passo a passo para apoiar no entendimento sobre o processo. O guia pode ser acessado por meio do link:https://biblioteca.buscaativaescolar.org.br/storage/files/shares/GUIA%20-%20Reades%C3%A3o_Busca%20Ativa%20Escolar_V1.pdf.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Educação de Sergipe lança aplicativo Estude em Casa com mais de 10 mil itens

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Coordenadoria de Informática (Codin/Sergipetec), lança nesta quarta-feira, 9, o Aplicativo Estude em Casa, que vai permitir o acesso dos professores, estudantes e pais/responsáveis da rede estadual aos mais de 10 mil materiais de apoio ao estudo disponíveis na plataforma. Na ferramenta, a comunidade escolar poderá consultar os conteúdos do Ensino Fundamental – anos iniciais e finais, Ensino Médio, Educação Profissional, Educação de Jovens e Adultos (EJA), do Pré-Universitário (Preuni), Educação Infantil e Inclusiva. 

Desenvolvido pela Codin/Sergipetec, o APP Estude em Casa pode ser acessado por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, e já está disponível gratuitamente para download na loja Google Play, para aparelhos com sistema operacional Android 5 (lollipop ou superior). A versão que comporta o sistema IOS encontra-se em fase de desenvolvimento, como explicou o diretor da Codin, Alexandre Veras. “Pensando nos seus usuários, a Seduc desenvolveu o Aplicativo Estude em Casa buscando trazer mais mobilidade, facilidade de busca e aumento da produtividade em um ambiente de fácil navegação aos conteúdos didáticos”, disse.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Equipe do Colégio Estadual Prefeito Joaldo Lima de Carvalho visita casas dos alunos com baixa participação em Sergipe

O Colégio Estadual Prefeito Joaldo Lima de Carvalho, em Itabaianinha, realizou no período de 3 e 4 de dezembro, uma campanha de Busca Ativa. A ação teve como objetivo procurar saber os motivos da baixa participação de alguns estudantes nas aulas remotas, além de incentivar a frequência deles nas atividades. As visitas foram direcionadas aos cerca de 160 alunos do 1º ano do ensino médio em tempo integral, e contaram com o empenho de professores e equipe diretiva da escola.

A professora Simone de Carvalho Santos, que leciona matemática, foi uma das que participaram da Busca Ativa. Ela conta que esta ação foi pensada já há alguns meses, e que agora, por conta do período de aulas não presenciais, semanalmente é feito um relatório sobre a participação dos alunos. Ela explica que foi verificada a baixa interação de alguns estudantes nas atividades, então a equipe diretiva e o corpo de professores se empenharam em fazer as visitas aos alunos. A dificuldades de acesso à internet foi um dos motivos identificados para a pouca participação dos estudantes. Pensando nisso, os professores elaboraram e imprimiram apostilas autoexplicativas e levaram todo o material para eles, de casa em casa.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Sergipe, Alagoas e Pernambuco dialogam sobre readequação do calendário escolar e colaboração com os municípios

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Assessoria de Colaboração e Assistência aos Municípios (Ascam), realizou na manhã desta quinta-feira, 3, o webinar intitulado “Readequação do Calendário do Ano Letivo”. A transmissão aconteceu por meio do canal do YouTube da Educação Sergipe em parceria com as seccionais da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) nos estados de Sergipe, Alagoas e Pernambuco, com o apoio da Fundação Lemann.

O webinar contou com a participação de dois especialistas em educação. A professora Cleuza Repulho é mestra em Educação pela Universidade Mackenzie. Foi presidente da Undime Nacional por três vezes e secretária municipal de Educação em Santo André (SP) e São Bernardo do Campo (SP). Atualmente trabalha como conselheira de várias instituições e consultora do Programa Formar, da Fundação Lemann. O professor João Cêpa é mestre em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi Assessor de Apoio Curricular e Educação Ambiental da Secretaria de Educação do Estado do Espírito Santo e atualmente trabalha como consultor da Fundação Lemann.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Sergipe, Alagoas e Pernambuco dialogam em live sobre readequação do calendário do ano letivo 2020

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) de Sergipe, por meio da Assessoria de Colaboração e Assistência aos Municípios (Ascam), realizará na próxima quinta-feira, 3, a live “Readequação do Calendário”. A transmissão acontecerá a partir das 10h, em parceria com a Undime Sergipe, Undime Alagoas, Undime Pernambuco, e conta com o apoio da Fundação Lemann.

A live terá como público-alvo secretários municipais de educação e suas equipes técnicas, tendo como objetivos  compartilhar orientações sobre a Readequação dos Calendários e discutir a terminalidade do ano letivo. A ação surgiu com a necessidade de os gestores municipais readequarem e aprovarem um novo calendário letivo, que foi impactado pela suspensão das aulas presenciais devido à pandemia da Covid-19.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Escolas estaduais do interior retornam atividades presenciais em Sergipe

Passados oito meses com as salas de aula fechadas, as escolas da rede estadual continuam com o processo de retorno gradual, parcial e seguro, para os alunos dos terceiros anos do ensino médio e etapas conclusivas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) e Educação Profissional. No interior do estado, esse movimento tem engajado as equipes das diretorias regionais de educação (DREs) e comunidades escolares que, de forma centralizada, decidiram pelo retorno, cumprindo todas as recomendações de segurança sanitária.

A diretora da DRE 3, professora Daniela Silva Santana, que tem visitado as unidades de ensino e dialogado com alunos e servidores, informa que até o momento 11 escolas que compõem a região Agreste retornaram às atividades presenciais. “Esperávamos esse retorno com grande expectativa. Foi um processo de muito trabalho para a equipe gestora, todos que fazem a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura e para a nossa Regional. Tivemos muitas reuniões de alinhamento para adequar a escola e receber todos com segurança”, disse a gestora, destacando a confiança que as famílias têm nas escolas.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Pré-Universitário retorna as aulas presenciais em Sergipe com segurança e tranquilidade

As turmas do curso Pré-Universitário da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) começaram a retomar, gradativamente, as aulas presenciais, juntamente com as turmas do 3º ano do ensino médio da rede estadual. Na última terça-feira, 17, o retorno se deu em seis polos; na quarta-feira, um polo, e na próxima segunda-feira, voltarão os 23 polos restantes. Com bastante segurança e seguindo todos os protocolos de saúde, a retomada está se dando de maneira tranquila em todas as unidades de ensino que ofertam o Preuni.

A coordenadora do Pré-Universitário, Gisele Pádua, explica que todas as escolas estão equipadas e preparadas para o retorno. “Elas entendem a importância de ter o Pré-Universitário em seus prédios e estão dispondo de todos os recursos de higienização, como álcool em gel. Os alunos estão cumprindo o distanciamento social, conscientes de que precisam usar máscara e não ficar transitando pela escola”, disse. Para evitar aglomeração no pátio, as aulas estão sendo corridas, sem intervalo.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Alunos da Rede Estadual de Sergipe retornam às aulas presenciais de forma gradual e segura

Muitos reencontros marcaram a retomada das aulas presenciais nesta terça-feira, 17, em todo o território sergipano, após cinco meses de aulas não presenciais. Em Aracaju, 44 unidades escolares retornarão ao funcionamento até o dia 30, seguindo todos os protocolos de biossegurança sanitária, pedagógica, administrativa e de gestão de pessoal, orientações que fazem parte do Plano de Retomada das Atividades Presenciais, construído pela Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) e validado pela Vigilância Sanitária. Paralelamente a isso, também está sendo feita a testagem por amostragem em seis mil alunos, professores, equipes diretivas e demais servidores da educação, em 28 municípios, para detectar os anticorpos IgG e IgM para SARS-CoV-2.

Nessa primeira fase, retornam à sala de aula os alunos dos terceiros anos do Ensino Médio Regular; concluintes da Educação Profissional Tecnológica (EPT) integrada ao Ensino Médio; Educação de Jovens e Adultos Ensino Médio (EJA-EM); e do programa Pré-Universitário da Seduc (Preuni), em 209 escolas estaduais.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Testagem por amostragem de alunos, técnicos e professores inicia na rede estadual de Sergipe

Concomitantemente à volta às aulas presenciais desta terça-feira, 17, o Governo de Sergipe e a Universidade Federal de Sergipe (UFS) estão realizando testagem por amostragem de professores, alunos e servidores da rede pública de ensino em todas as diretorias regionais de educação. A iniciativa pretende disponibilizar, inicialmente, seis mil testes para detectar os Anticorpos IgG e IgM para SARS-CoV-2, em 28 municípios sergipanos, com o objetivo de ter um parâmetro (perfil amostral) do vírus nessa população específica. A ação foi iniciada no Centro Estadual de Educação Profissional José Figueiredo Barreto, situado no bairro Getúlio Vargas, em Aracaju.

A Seduc, por meio do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase), com o Programa Saúde na Escola (PSE), vem alinhando as ações de testagem com o farmacêutico e professor de Imunologia Clínica da Universidade Federal de Sergipe (UFS), Lysandro Borges (Força Tarefa COVID-19/LaBiC). De acordo com ele, o resultado dos testes sairá na mesma hora, e ele acredita que essa iniciativa de parceria entre a Seduc e a UFS servirá de modelo para outros estados do Brasil. “Essa testagem de alunos e professores terá também outro grande benefício, pois será uma ferramenta para a própria Secretaria de Educação tomar decisões em relação à segurança dos estudantes e dos professores”, acrescentou.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Educação de Sergipe dialoga com entidades estudantis sobre retomada das aulas presenciais

O superintendente executivo da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), professor José Ricardo de Santana, reuniu-se na manhã desta segunda-feira, 16, com representantes de entidades estudantis para uma conversa sobre a retomada das aulas presencias, que na rede estadual de educação terá início a partir da próxima terça-feira, 17, somente para os estudantes do 3º ano do Ensino Médio, Pré-Universitário e da 4ª Etapa da EJAEM. O encontro aconteceu de maneira virtual, por meio da plataforma Google Meet, e contou com a presença da presidente da União Sergipana dos Estudantes Secundários de Sergipe (Uses), Lizandra Dawany, e do coordenador da Coordenadoria Especial de Juventude (Cejuv), Eduardo Oliveira.

Durante a reunião, os representantes dos estudantes manifestaram a preocupação com a segurança sanitária dos alunos nas escolas durante a retomada das aulas presenciais, visando prevenir-se do contágio da covid-19. O superintendente destacou o pedido aos pais dos estudantes quanto ao desejo de que eles voltem agora para as aulas. “É importante que as famílias sinalizem se querem que seus filhos voltem às aulas presenciais”, disse.

LEIA MAIS

Padrão