GERAL, SERGIPE

Taxa de analfabetismo em Sergipe cai pelo terceiro ano consecutivo na faixa etária acima de 15 anos

A taxa de analfabetismo entre os sergipanos na faixa etária dos 15 anos e acima tem caído ao longo dos últimos três anos. É o que aponta um estudo feito pelo Observatório de Sergipe, baseado nos dados da Pnad Contínua, divulgados pelo IBGE.  Em 2016, no início da série histórica da pesquisa, a taxa era de 14,7% de sergipanos analfabetos nessa faixa etária. Em 2017 baixou para 14,5%, em 2018 caiu para 13,9%  e em 2019, o indicador diminuiu ainda mais para 13,5%, ou seja, mais jovens de 15 anos e acima dessa idade deixaram o indicador do analfabetismo.

A queda de 2018 para 2019 gira em torno de 0,4 ponto percentual (p.p.), o que corresponde a aproximadamente 3 mil alfabetizados. Se comparada à média da taxa de analfabetismo do Nordeste, que se manteve em 13,9%, Sergipe está abaixo, porém acima da média brasileira, que também registrou recuou de 6,8% em 2018 para 6,6% em 2019. 

O estudo ainda aponta que na população sergipana de 15 anos ou mais, a taxa de analfabetismo das mulheres ficou em 12,3%, e dos homens, em 14,9%, tendo caído mais para a população feminina em relação ao ano anterior: 0,5 p.p e 0,3 p.p, respectivamente. 

Em todos os grupos etários, o analfabetismo dos homens superou o das mulheres. A diferença maior foi vista no grupo de 40 anos ou mais, cuja taxa para população masculina foi de 26,3% contra 21,6% para a feminina, ou seja, 4,7 p.p.. A segunda maior disparidade foi registrada por aqueles de 25 anos de idade ou mais, 19,0% para os homens e 15,1% para as mulheres.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Sergipe abre encontro online para debater “O Papel da Busca Ativa Durante e Pós-Pandemia”

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio da Coordenadoria de Estudos e Avaliação Educacional (Ceave) e do Serviço de Gestão da Capacitação e da Permanência do Aluno (SEGCAP), realizou na manhã desta quarta-feira, 15, a abertura da série de encontros online com o tema “O Papel da Busca Ativa Escolar Durante e Pós-Pandemia”.

O evento transmitido pelo canal do YouTube “Educação Sergipe” contou com a participação da vice-governadora de Sergipe, Eliane Aquino; do secretário de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura, professor Josué Modesto dos Passos Subrinho; do presidente da Undime Sergipe, José Thiago Alves de Carvalho; da Diretora do Centro de Apoio Operacional da Infância e da Adolescência (CAOpIA) Maria Lilian Mendes Carvalho; da coordenadora Operacional Estadual da Busca Ativa Escolar – Serviço de Gestão da Captação e da Permanência do Aluno, Rute Lisboa Dias Rosendo; da especialista em Educação do Unicef, Verônica Bezerra; da coordenadora do Unicef em Salvador para os estados da Bahia, Sergipe e Minas Gerais, Helena Oliveira; e da consultora da área de Educação do Unicef Brasil, Daniela Rocha Magalhães.

Além do Encontro Online Estadual, a Seduc realizará encontros por Diretorias Regionais de Educação com a participação das equipes intersetoriais dos municípios. Os outros encontros estão programados para os dias 21 e 29 de julho, e 5 e 11 de agosto, sempre no horário das 10h às 11h30, por meio do canal do YouTube “Educação Sergipe”.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Professores de Sergipe participam de oficinas de acolhimento e formação no Ambiente Virtual de Aprendizagem

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Departamento de Recursos Humanos (DRH), continua com a série de oficinas remotas direcionadas aos professores substitutos convocados nos editais de 2018 e 2019. O objetivo é capacitar os professores para exercerem suas atividades no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), inserido no Portal Estude em Casa da Seduc, além de apresentar a portaria que regimenta as aulas não presenciais e o planejamento de aulas. As oficinas estão sendo realizadas por meio da plataforma Google Meet.

Nesta quarta-feira, 15, mais de 101 professores foram acolhidos no ambiente virtual pelo diretor de Recursos Humanos da Seduc, professor Jorge Costa. Ele explanou sobre a convocação dos professores para ministrarem aulas nas escolas da rede estadual de ensino, por meio do projeto “Carência Zero”; como será a lotação dos professores e apresentou o calendário de capacitação para as aulas remotas. “Esse acolhimento é de suma importância. Neste momento de distanciamento social, queremos acolher e dar o suporte para que os professores possam desenvolver suas atividades a contento”, explicou Jorge Costa, ao prosseguir com o cronograma de apresentação da Plataforma Moddle. Logo depois, o gerente de Treinamento e Assistência aos Sistemas da Coordenadoria de Informática /Seduc, Saymon Menezes, mostrou como utilizar o Diário Eletrônico de Classe.

A Oficina prossegue nesta quinta-feira, 16, com a programação voltada para a apresentação da Portaria 2235/2020 e a socialização do projeto Estude em Casa, além da orientação de como os professores devem realizar o projeto de aulas semanais. A oficina será ministrada pela diretora do Departamento de Educação, Ana Lúcia Muricy, e em seguida pelo assessor do DED, João Manoel de Faro.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Educação de Sergipe convoca professores substitutos e promove acolhimento virtual

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Departamento de Recursos Humanos, iniciou na manhã desta segunda-feira, 13, o acolhimento virtual dos professores substitutos que foram convocados para ministrar aulas nas escolas da rede estadual de ensino, por meio do projeto “Carência Zero”, que visa agilizar a substituição de professores para que não haja prejuízo aos alunos durante o ano letivo.

Ao todo, 138 docentes foram convocados e, neste primeiro dia, o acolhimento ocorreu para 39 profissionais da Educação. O acolhimento do outro grupo será feito na terça-feira, 14. Já na quarta e quinta-feira, 15 e 16, todos os professores passarão pelo curso de formação para as aulas remotas, por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que está dentro do Portal Estude em Casa da Seduc (http://seed.se.gov.br/estudeemcasa/#/).

O acolhimento virtual está sendo feito por meio da plataforma Google Meet, pelo diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH/Seduc), professor Jorge Costa Cruz Júnior. Ele informa como será a lotação dos professores e apresenta o calendário de capacitação para as aulas remotas, o Diário eletrônico, entre outros assuntos. “Esse acolhimento é de suma importância. Neste momento de distanciamento social, queremos mostrar dar o suporte para que os professores possam desenvolver suas atividades”, explicou Jorge Costa.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Parceria capacitará 1,7 mil professores do Ensino Médio em Sergipe

Uma parceria entre o Sebrae e a Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc) vai garantir a formação de cerca de 1,7 mil professores do ensino médio para disseminar conceitos de empreendedorismo e cultura digital. Durante dois meses esses profissionais terão a oportunidade de participar de diversos cursos à distância por meio da plataforma EAD Sebrae.

A iniciativa vai beneficiar os docentes que lecionam nas turmas do ensino médio tradicional, ensino médio em período integral e educação profissional. Para ter acesso aos conteúdos eles devem acessar o Portal Estude em Casa (www.seed.se.gov.br), clicar na área destinada aos professores e em seguida selecionar a opção Formação Continuada.

Todas as atividades contarão com o apoio de um tutor para tirar dúvidas sobre os conteúdos apresentados e um coordenador de sala, que terá o papel de acompanhar as avaliações e o desempenho dos inscritos. O prazo para conclusão das capacitações é 31 de agosto.

A educação empreendedora para o Ensino Médio está estruturada para colaborar no desenvolvimento integral dos jovens, procurando estimular o protagonismo juvenil, sensibilizar e preparar os estudantes para os desafios do mundo do trabalho, instigando-os a identificar oportunidades e planejar seu futuro por meio de atitudes empreendedoras.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Escolas de Sergipe que ofertam Educação de Jovens e Adultos se adequam às aulas não presenciais

As unidades de ensino da Rede Estadual que ofertam a Educação de Jovens e Adultos (EJA) estão se dedicando frente às adaptações para a oferta do ensino não presencial neste período de distanciamento social. Para chegar aos estudantes, as escolas utilizam de uma série de recursos tecnológicos. Exemplos disso são o Centro de Referência em Educação de Jovens e Adultos Prof. Severino Uchôa e o Colégio Estadual 24 de Outubro, ambos em Aracaju.

No Severino Uchôa, a coordenação encaminhou propostas utilizando grupos do Whatsapp da escola para auxiliar a comunicação e aproximação entre professores e equipe diretiva. Esta ação teve o intuito de promover o alinhamento das ações pedagógicas.

A diretora Rosigleide Andrade relata que foram criados grupos com alunos também, separados por turmas, e com apoio dos professores, coordenadoras e intérpretes de Libras. Ela explica que, ao montar as aulas e atividades, os professores pensaram no tempo em que os alunos se dedicariam aos estudos. Então foram planejados horários predefinidos para estudos de duas a três horas de aulas por dia. Desta forma, o planejamento leva em consideração a quantidade de aulas que as disciplinas têm por semana.

Ela conta também que os professores pensaram no perfil de seus alunos na hora de planejar e adotar diferentes estratégias para disponibilizar conteúdos, realizar atividades e sanar dúvidas. Os conteúdos estão sendo disponibilizados por meio de recursos digitais e físicos, como videoaulas, jogos, vídeos, filmes, podcasts, livros didáticos, leituras de livros paradidáticos, imagens, textos em PDF, entre outras atividades que auxiliam os trabalhos dos professores e tornam o aprendizado mais dinâmico. Os professores enviam um objeto de conhecimento uma vez por semana e solicitam as atividades com explicações e encaminhamentos para que sejam feitos os exercícios. Alguns utilizam questionários através da ferramenta Google Forms. 

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Jornada online trará cuidados em saúde mental para alunos, professores e pais

Alunos das escolas públicas e pais de alunos estão convidados a participar da Jornada de Saúde Emocional, uma iniciativa da psicóloga clínica e escolar Lavínia Andrade, com as redes pública e particular de Sergipe. O evento online, inicialmente, foi realizado com os alunos do Centro de Excelência Atheneu Sergipense, mas em comum acordo será estendido para todas as escolas públicas, no período de 7 a 9 de julho, com transmissão feita pelo canal do Youtube “Mais Atheneu”, sempre a partir das 15h.

A jornada tem como objetivo favorecer a discussão das temáticas relevantes para o desenvolvimento socioemocional de alunos, profissionais da educação e pais. Trata-se de um serviço voluntário que conta com a doação de tempo e expertise de profissionais renomados que compreendem a função da escola pública e se dispõem a contribuir com essa atividade. Nesta quarta-feira, 1º, houve a Pré-Jornada, com a participação do psicólogo cognitivo comportamental Ricardo Gonzaga, e o tema do debate será “A data do Enem e a ansiedade da prova”.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Educação de Sergipe intensifica ações de acompanhamento pedagógico das aulas não presenciais

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), por meio do Núcleo de Acompanhamento Pedagógico (NAP), vinculado ao Departamento de Educação (DED), intensifica as atividades de acompanhamento pedagógico e formação continuada de gestores e coordenadores das Diretorias Regionais de Educação.

O núcleo instituído em 2019 existe para apoiar a formação continuada em serviço dos gestores e coordenadores. Desta feita, o NAP tem realizado encontros formativos presenciais, e, agora, de forma online em virtude do distanciamento social que todos estão vivendo.

Na última terça-feira, 30, um encontro formativo foi realizado com o objetivo de refletir sobre o papel das equipes do NAP no processo de Acompanhamento Pedagógico das Atividades Escolares Não Presenciais, instrumentos de Acompanhamento Pedagógico e definir um Plano de Ação para o trabalho do grupo.

Participaram do encontro virtual 52 pessoas, dentre elas, as técnicas pedagógicas do núcleo, coordenadores e técnicos responsáveis pelo acompanhamento pedagógico das Diretorias Regionais de Educação, além da participação da professora Elaine Melo, gestora da Diretoria Regional de Educação 7, e do professor Erbson Rodrigues, assessor do gabinete do Departamento de Educação. O encontro formativo foi mediado pela coordenadora do Núcleo de Acompanhamento Pedagógico-NAP, a professora Josevânia Fonseca.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Educação de Sergipe e Sebrae lançam cursos de formação para professoras na área de Empreendedorismo

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), lançou nesta quarta-feira, 1º de julho, cursos de formação para professores que atuam no Ensino Médio, tanto no convencional, quanto no integral e no profissional. O objetivo da parceria é disseminar ações propostas para implementação de componentes curriculares e estudos voltados para Projeto de Vida, Educação Empreendedora e Financeira, com vistas à preparação básica de alunos e professores do ensino fundamental (convencional e EJA) e ensino médio da rede pública estadual.

Para se inscrever e acessar o curso, o professor deve acessar o Portal Estude em Casa, através do link: http://www.seduc.se.gov.br/estudeemcasa/cursossebrae. Com essas formações, a Seduc e o Sebrae oferecem suporte pedagógico aos professores para ampliar seus conhecimentos e sentirem-se seguros no desenvolvimento dos seus trabalhos em cultura empreendedora junto aos seus estudantes.

Os conteúdos ofertados são trabalhados a partir do estímulo de competências relacionadas a autoconhecimento, criatividade, resiliência, persistência, flexibilidade, comprometimento, cooperação em equipes, liderança e a autoconfiança. “São diversos novos cursos que estão sendo abertos para os professores, todos com uma carga horária específica para a competência geral da BNCC Cultura Digital, que tanto vai nos ajudar neste momento de distanciamento social”, explicou a diretora do Departamento de Educação (DED/Seduc), professora Ana Lúcia Lima.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, SERGIPE

Educação de Sergipe implanta Sistema de Gerenciamento do Livro Didático

A Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), instituiu, por meio da Portaria nº 2592, de 30 de junho de 2020, o Sistema Gerenciador do Livro Didático (SGLD), como instrumento de registro e monitoramento das ações relacionadas ao livro didático no âmbito das Escolas Públicas Estaduais de Sergipe, complementando os procedimentos definidos no Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), disponibilizados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

O novo sistema foi desenvolvido pela Coordenadoria de Informática (Codin/SergipeTec) com o suporte do Departamento de Apoio ao Sistema Educacional (Dase). Por meio dele, os diretores das escolas acessam o SIAE/SIGA e lá encontram o ícone do Sistema de Gerenciamento do Livro Didático e as telas necessárias ao cadastro.

Dentre as ações da ferramenta estão o cadastro do Livro Didático recebido em todas as encomendas do FNDE; Registro de distribuição do livro didático ao estudante; Registro do recolhimento do livro didático, ao final do ano letivo; Registro do remanejamento efetuado, a partir do cadastro no PDDE Interativo; e o Registro do desfazimento dos livros inservíveis.

LEIA MAIS

Padrão