GERAL, PERNAMBUCO

Última etapa de retomada das aulas presenciais da Rede Estadual de Pernambuco aconteceu nesta segunda-feira

Estudantes do 1º ano do Ensino Médio e do Médio integrado à Educação Profissional, Fundamental Anos Finais (7º e 6º Anos) e atendimento socioeducativo retornam para as suas respectivas unidades de ensino, concretizando assim, nesta segunda-feira (3), a terceira e última etapa de retomada das aulas presenciais das escolas da Rede Estadual. Todas as escolas funcionam em esquema de rodízio para evitar aglomerações e continuam seguindo rigorosamente todos os protocolos de segurança e proteção contra a Covid-19, previstos no Protocolo Setorial de Educação, documento elaborado pela Secretaria Estadual de Educação (SEE). 

Na Escola Técnica Estadual (ETE) Miguel Batista, situada no bairro da Macaxeira, Zona Norte do Recife, a manhã foi de entusiasmo. De acordo com o gestor da unidade de ensino, Jamerson Cruz, a adesão ao retorno por parte dos estudantes foi expressiva. “A procura pela volta às aulas presenciais foi grande. A nossa expectativa é a melhor possível, pois sabemos do período bem delicado que estamos passando e por eles (os alunos) terem vindos de outra rede de ensino. Estão bem ansiosos para fazer mais amizades na escola, conhecer melhor os professores e estudar. A gente precisa retomar o ensino presencial, precisa fortalecer os vínculos com os estudantes e com os pais”, disse Cruz.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RORAIMA

Rede estadual de Roraima segue com a oferta do ensino remoto no ano letivo 2021

Os 77.412 alunos da rede estadual de ensino começaram o ano letivo 2021 nesta segunda-feira, 3. O Governo do Estado continuará com a oferta do ensino remoto com atividades mediadas por tecnologia e distribuição de material impresso.

“Nossas escolas estão preparadas para mais um ano letivo. Muitas instituições de ensino produziram vídeos e atividades de acolhimento para nossos estudantes nesta retomada de aulas. Pedimos aos pais que acompanhem a vida escolar dos filhos e que fiquem atentos à entrega de atividades”, destacou a secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo.

A secretária informou ainda que o governador Antonio Denarium está empenhado nas negociações junto ao Governo Federal para adquirir o maior número de vacinas contra a covid-19 e que reconhece a necessidade de incluir os professores dentro do grupo prioritário de vacinação.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, PIAUÍ

Educação e Saúde discutem vacinação dos profissionais da educação do Piauí

A vacinação contra o coronavírus para os profissionais de educação, tanto das escolas públicas como privadas, foi pauta de uma reunião entre o Secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, e o Secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, nesta terça-feira (04).

Para o secretário da Educação, Ellen Gera, garantir segurança epidemiológica dentro das escolas é algo fundamental. “O Governo do Estado já colocou a Educação como serviço essencial e os profissionais da Educação estão no grupo prioritário para receber a vacinação. Com a imunização dos professores e demais profissionais da educação imunizados teremos mais tranquilidade e segurança para voltar ao chão da escola”, destacou o gestor.

Ellen Gera explicou que Educação e Saúde estão trabalhando juntas para detalhar por faixa etária o público educacional a ser imunizado.  

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, PARANÁ

Aulas presenciais da rede estadual do Paraná terão retorno gradativo a partir de 10 de maio

A rede estadual de ensino do Paraná tem, a partir de 10 de maio, uma volta gradativa às aulas presenciais. O retorno acontece paralelamente à vacinação dos profissionais da Educação, programada para ocorrer este mês, simultaneamente à das pessoas com comorbidades. Serão, de acordo com a Sesa (Secretaria Estadual da Saúde), 32 mil doses da vacina AstraZeneca destinadas a profissionais da Educação das redes estadual, municipal e privadas, começando pelas pessoas entre 55 e 59 anos. Outros 8 mil profissionais do setor já foram vacinados, no grupo acima de 60 anos.

Nas escolas que reabrirão para atividades presenciais (cerca de 200, na primeira fase de abertura), será adotado o modelo híbrido de ensino, ou seja, parte dos alunos assistirá às aulas presencialmente, em sala de aula, enquanto a outra parte acompanhará remotamente, vendo as aulas ao vivo. Para isso, as salas de aula estão equipadas com computadores e internet, possibilitando que os professores interajam com ambos os grupos de estudantes.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

Secretária da Educação do Rio Grande do Sul visita escolas da Capital no retorno das aulas presenciais da Rede Estadual

A secretária da Educação, Raquel Teixeira, acompanhou, na tarde desta segunda-feira (3/5), o retorno das aulas presenciais na Rede Estadual. Neste primeiro momento, retomaram as atividades os estudantes da Educação Infantil e do 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

Raquel acompanhou a organização da Escola Duque de Caxias, localizada no bairro Azenha, e da Escola Gomes Carneiro, na Zona Norte. Ela conversou com alunos, professores e responsáveis, conheceu a estrutura das escolas e recebeu demandas por parte das equipes diretivas.

“Nós queremos mostrar para a sociedade que a escola pode ser um ambiente controlado”, afirma a secretária. Ela destaca que há protocolos de saúde, máscaras e distanciamento, mas, acima de tudo, professores e profissionais da área da educação dedicados, organizados e com o espaço preparado para receber os alunos com segurança.

LEIA MAIS

Padrão
BAHIA, GERAL

Professores e trabalhadores da Educação celebram vacinação contra o Coronavírus na Bahia

Os profissionais ativos da Educação a partir dos 55 anos continuam sendo vacinados contra a COVID-19. As secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Saúde (SESAB), juntamente com as secretarias municipais ampliam a mobilização para o processo, que envolve os educadores e profissionais da Educação Básica e do Ensino Superior das redes estadual, municipais e privadas. O cronograma para a aplicação das vacinas é divulgado pelos municípios de acordo com o recebimento de novas remessas dos imunizantes.

Com 57 anos, Marivone de Oliveira Silva Pimentel foi a primeira professora vacinada do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Gestão e Tecnologia da Informação Régis Pacheco, em Jequié. Atuando em disciplinas do curso técnico em nível médio em Secretariado, a docente contou que está esperançosa com a vacinação. “Foi uma emoção muito gratificante. Depois de tanto tempo convivendo com o medo de ser infectada e sem saber como meu organismo reagiria, criei uma grande expectativa na vacina. Sinto a alegria de saber que tomei a primeira dose. É uma emoção indescritível, um momento que renova a esperança e a vida com a possibilidade de conviver novamente com as minhas atividades rotineiras e sem medo”, disse a professora.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, GOIÁS

Governo de Goiás anuncia imunização de professores contra Covid-19 até o fim do mês de maio

O governador Ronaldo Caiado anunciou, nesta segunda-feira (26/4), que os professores serão a próxima categoria profissional a ser imunizada contra a Covid-19 em Goiás. “Antes do final do mês de maio vocês já vão entrar na vacinação, para voltar a ter uma vida normal nas escolas no segundo semestre”, declara.

O anúncio foi feito em Goianira, ao assinar ordem de serviço para a construção da quadra de esportes do Colégio Estadual José Rodrigues Naves. “Daqui uns dias, todo mundo na sala de aula”, projetou Caiado. Com o avanço da imunização de idosos, é possível contemplar novos grupos prioritários, conforme determinação do Ministério da Saúde e as diretrizes previstas no Plano Nacional de Imunização (PNI). Trabalhadores da saúde, servidores da segurança pública e de salvamento, bem como forças armadas também foram contemplados.

LEIA MAIS

Padrão
GERAL, RIO GRANDE DO SUL

“Estamos garantindo a retomada das aulas com todos os protocolos”, reforça Governo do Rio Grande do Sul durante em transmissão virtual

Ao lado da secretária da Educação, Raquel Teixeira, o governador Eduardo Leite fez uma transmissão ao vivo pelas redes sociais, nesta sexta-feira (23/4), para detalhar a decisão de permitir o sistema de cogestão do Distanciamento Controlado também para a educação. A partir do decreto publicado na quinta (22), as atividades presenciais de ensino da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental já podem ser retomadas nas regiões classificadas em bandeira preta quando os protocolos municipais permitirem aplicação das regras da bandeira vermelha para as demais atividades.

“É muito importante que tenhamos o retorno das aulas de forma híbrida, com atividades presenciais com protocolos e distanciamento. Para isso, a educação foi incluída no sistema de cogestão. Isso significa que, embora o Estado esteja em bandeira preta, que serve de alerta para a população, os municípios podem aplicar as regras mais brandas, de bandeira vermelha, e assim possam fazer a retomada da educação presencialmente”, disse o governador.

LEIA MAIS

Padrão
DISTRITO FEDERAL, GERAL

Secretaria do Distrito Federal pede a presidente do Senado que profissionais da Educação sejam incluídos entre as prioridades da vacinação

Em audiência na residência oficial ocorrida na manhã desta sexta-feira, 23, o secretário de Educação do Distrito Federal, Leandro Cruz, pediu ao presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que garanta a inclusão dos profissionais de educação como prioridade no Plano Nacional de Vacinação e que os professores não sejam obrigados a voltarem a dar aulas presenciais antes de serem vacinados.

A audiência tratou do assunto porque o Senado está prestes a votar o projeto de lei 5.595/2020, que torna a educação básica e o ensino superior serviços essenciais, o que significa que não podem ser interrompidos durante crises sanitárias.

Nós defendemos as aulas presenciais. Achamos que para os nossos estudantes é fundamental. Mas nós defendemos as aulas presenciais com as medidas de segurança necessárias. E a maior delas é a vacinação”, disse Leandro Cruz, que estava acompanhado do secretário-executivo, Fábio Sousa. “A gente acha que vacinar, não só todos os professores, mas também os demais profissionais da educação, é condição fundamental para a gente retomar as aulas presenciais”, completou.

A conversa entre o secretário e o presidente do Senado durou trinta minutos. Ao final, Rodrigo Pacheco se pronunciou.

LEIA MAIS

Padrão
ESPÍRITO SANTO, GERAL

Governo inicia a vacinação de professores contra a Covid-19 no Espírito Santo

O Governo do Espírito Santo deu início, na manhã desta quinta-feira (15), à vacinação contra o novo Coronavírus (Covid-19) do grupo dos trabalhadores da educação. O governador Renato Casagrande recebeu representantes das categorias de ensino público das redes municipal, estadual e federal e também da rede privada em ato simbólico realizado no Palácio Anchieta, em Vitória. A campanha de vacinação deve começar a partir da próxima semana nos municípios.

“Vamos iniciar a vacinação dos profissionais da educação com aproximadamente cinco mil doses. Hoje é um dia muito especial, pois mesmo com poucas vacinas – muito aquém da quantidade necessária que deveríamos ter -, estamos iniciando a vacinação dessa categoria tão importante, aquisimbolizadapelos professores. Várias outras categorias também são importantes e por isso necessitamos seguir cobrando a chegada de mais vacinas. O Espírito Santo tem se destacado na aplicação das doses. Estamos entre os que mais vacinam e distribuímos as doses aos municípios tão logo elas chegam”, pontuou o governador.

LEIA MAIS

Padrão