GERAL

Fábrica Social do Distrito Federal muda a vida de alunos durante a pandemia

Os 150 alunos de confecção e costura da Fábrica Social, ligada à Secretaria de Educação, tornaram-se empreendedores com fabricação e venda de máscaras. Os cursos oferecidos na escola profissionalizante são vetores de transformação de vida, fonte de renda e capacitação. Mesmo em meio a pandemia da Covid-19, alta demanda de equipamentos de proteção facial aquece, toda cadeia da indústria têxtil, desde as costureiras até as fábricas de tecidos.

Os estudantes do curso de corte e costura, Fernanda Lopes e Ismael da Rocha, são referências, exemplos de como a profissionalização pode mudar a realidade e aumentar a renda familiar. Ambos estão confeccionando máscaras no contra-turno da Fábrica. Com obrigatoriedade do uso da proteção, a produção criou novas oportunidades no meio da crise.

LEIA MAIS

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s