AMAZONAS, GERAL

Estudantes e gestor da rede estadual do Amazonas terão textos publicados em antologia carioca

Estudantes e gestor da rede estadual do AM terão textos publicados em antologia carioca

A inspiração está nas pequenas coisas da vida. Prova disso é que, observando os pássaros sobrevoarem o pátio do Colégio Amazonense Dom Pedro II, a estudante Alexandra de Paula Oliveira, da 3ª série do Ensino Médio, motivou-se a escrever o texto “Por uma peônia”, um dos trabalhos selecionados para compor a antologia “Parem as máquinas”, do Selo Off Flip, de Paraty (RJ). A jovem, ao lado de dois colegas e do gestor da unidade de ensino, são alguns dos amazonenses a emplacarem obras autorais na coletânea, que será lançada no mês de setembro.

O nome de Alexandra aparecerá como colaborador do livro com dois textos. O primeiro deles, citado acima, é a história de uma flor refletindo sobre seu destino. “Ele era, originalmente, uma história curta que escrevi como avaliação de Literatura. Foi durante a época de provas, olhei para os pássaros sobrevoando o pátio da escola e pensei em como eles tinham sorte de estar passando por aquilo. Isso me deu a fagulha inicial e, aos poucos, fui montando o resto do conto, que também foi inspirado pelas crônicas de Astrid Cabral”, afirmou a estudante.

Além de “Por uma peônia”, ela assina “Evolução”, uma espécie de comentário sobre como todas as grandes histórias já haviam sido escritas. “Então, decidi escrever um texto justamente sobre isso”, disparou. A vontade de participar das seleções do Selo Off Flip era algo que a jovem já nutria desde o ano passado, mas que teve de adiar por conta da idade. “Desde então, estive acompanhando o perfil [da Flip] e fiquei sabendo da antologia ‘Parem as máquinas’”, completou.

Junto à estudante, os jovens Alefh da Silva Gama e Eduardo Augusto Hungria Mota Vinhote, ambos da 3ª série do Ensino Médio do Colégio Amazonense Dom Pedro II, também tiveram seus textos selecionados pela editora. Alefh submeteu a crônica “Fases” à chamada pública, enquanto que Eduardo emplacou o conto “Chuva”. “Meu trabalho aborda uma série de momentos pelos quais o protagonista Raul passa. Essas etapas são acompanhadas de várias referências musicais, onde há encaixes perfeitos para cada situação. Logo, tudo pode ser resumido em uma única palavra: ‘fases’”, explicou a Alefh.

De acordo com ele, a inspiração para o texto veio do cantor e compositor Raul Seixas. Fã declarado do artista, o jovem quis homenageá-lo com a crônica. “Procurei mostrar que alguns versos de suas músicas formam uma história completa e única”, finalizou o estudante.

LEIA MAIS

Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s